AS PIPOCA DA MÃE

 

 

 

 
 

AS PIPOCA DA MÃE    

Marcial Salaverry

 

Falô em pipoca quentinha...

Tô chegando na zulada...

Mi lembra do tempo de mulecada...

e das pipoca da mãezinha...

Cando ela si achegava,

e a gente ela chamava...

nóis zulava...

nem dexava as pipoca esfriá...

Era só se achegá...

que otra vez ela chamava não...

e nóis ficava na mão...

Eita sodade braba...

eita tempinho bão...

dá uma dô no coração...

brigado prá vanceis...

qui mi truxero essa recordação...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados