A NOITE DESBOCADA

 

 


 

A NOITE DESBOCADA
Marcial Salaverry


Essa noite está desbocada,
muito malcriada...
Diz que perdeu uma bela "boca",
e não conseguiu um bom bocado,
que já estava abocanhado,
só porque foi ela quem fez...
Essa bocada, talvez
cause dor nos dentes
daquela cabeça de alho...
Agora quase sorrio,
mas fui dormir no leito do rio,
e porisso não rio,
já que o leito,
apresentava o  defeito,
de estar molhado...
E, com efeito,
isto não é perfeito...
A boca da noite pode criar mau hábito,
mas não terá mau hálito...
Se queres companhia,
toque a campainha,
peça o champanhe,
se quer que te acompanhe,
e mande que teu chofer me apanhe,
para que ele depois não apanhe...
Assim, vamos para a abertura
da boca da noite.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados