DE REPENTE, O AMOR

 

 

 
 
DE REPENTE, O AMOR
Marcial Salaverry
 
O amor pode surgir assim, de inopino...
mudando completamente o destino,
e provocando um desatino...
Quando num simples olhar,
seu coração disparar,
insista, não resista,
e tampouco desista,
pois é amor à primeira vista...
Se a pulsação
provocar o coração,
e doidamente se acelerar,
esteja certo de que está a amar...
Insista, não resista
e tampouco desista,
pois é amor à primeira vista...
Saiba seguir bem a pista,
não deixe seu coração frustrado,
pois ele está apaixonado...
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados