BEIJOS SEMPRE DESEJADOS

 

 

BEIJOS SEMPRE DESEJADOS
Marcial Salaverry
 
Beijos são sempre desejados
sejam castos ou apaixonados...
Beijos de tantas cores,
lábios de mil sabores,
a selar nossos desejos
e estimular nossos amores...
Beijos ocultos, trocados
entre amantes apaixonados,
são beijos dos mais ardentes,
são melados, molhados,
ardentes e encantados...
E os de sabor amargo,
beijos da saudade, da partida
que nos dão o tom da dor,
do lado salobre da vida...
Beijos suaves e puros,
trocados na tenra idade,
selinhos selando carinhos...
São beijos de algodão doce,
hum...gosto de felicidade...
Beijo de pecado,
que acolhe, que trai
que o amor celebra,
ou explode na paixão...
Beijo pode ser sagrado
ao amor consagrado,
pode ser profano,
de desejo, pecado,
pode ser de perdão,
fé, amor  e paixão,
com desejos da alma
com desejo da carne...
E num momento de eternidade,
vem o beijo-da-morte, frio...
E num momento de felicidade,
o beijo-da-vida, tendo da vida o calor...
Beijo que te quero, fruto do amor...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados