DOIS AMANTES DISTANTES

 

 


 
 
DOS AMANTES DISTANTES
Marcial Salaverry

Por caprichos del destino,
dos corazones apasionados,
de repente quedaran separados...
pero juntos aunque distantes,
esos dos amantes
nunca dejaran de se amar...
Distantes, como  encontrarse?
Como contentar los corazones enamorados,
si siempre juntos quieren estar?
Para la  distancia engañar,
la imaginación debe usarse...
Listo, por fuerza de algún sortilegio,
los amantes pueden tener el privilegio
de  amarse, aunque  estando lejos...
Estarán se poniendo locos?
Por supuesto,  no es el amor una dulce locura?
Un sentimiento con tanta ternura,
no puede la distancia temer,
tampoco vá a hacer los que se aman, sufrir...
Y siempre sintiendo del amor la emoción,
sigue latiendo fuerte el corazón...
No se deje dominar por la tristeza,
y vea la vida en toda su belleza...
No haga de la ausencia un tormento,
basta que lleve siempre el amor en el pensamiento...
 

************
DOIS AMANTES DISTANTES
Marcial Salaverry

Por caprichos do destino,
dois corações apaixonados,
de repente ficaram separados...
mas...juntos mesmo distantes,
esses dois amantes
nunca deixaram de se amar...
Distantes... como se encontrar?
Como contentar os corações enamorados?
se sempre juntos querem ficar.
Para a distância enganar,
a imaginação deve-se usar...
Pronto... por força de algum sortilégio,
os amantes podem ter o privilégio
de se amar, mesmo longe estando...
estarão loucos ficando?
Claro... não é o amor uma doce loucura?
Um sentimento com tanta ternura...
não pode a distancia temer,
nem vai fazer quem ama, sofrer...
E sempre sentindo do amor a emoção...
vai batendo forte dos amantes, o coração.
Não se deixe dominar pela tristeza,
e veja a vida em toda sua beleza...
Não faça da ausência um lamento,
basta que leve sempre o amor no pensamento...
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados