COMO SER FELIZ

 

Então, com a alma feliz, desejo a todos

UM LINDO DIA.

 

 

COMO SER FELIZ

Marcial Salaverry

 

Bem... vinha falando sobre sinceridade, e um amigo perguntou se me considero um cara feliz. Pediu-me uma resposta sincera. Pediu mais, que explicasse o que é ser feliz.

Bem... se alguém pede para explicar o que é ser feliz, é porque não o é... pois quem se sente feliz, sabe bem o porque. Em todo caso, vamos tentar explicar.

Felicidade é um estado de espírito, portanto, como tudo na vida, é algo muito relativo, e se tudo na vida é relativo, relativa também é a idéia que cada um faz da felicidade.

Para uns, felicidade é dinheiro no bolso, cerveja na geladeira, roupa nova no armário. Coisinhas simples, como carro novo, iate...

Namorar bastante... O amor tem ligação estreita com a felicidade... Mas um amor sincero, leal... Enfim, o famoso amor verdadeiro. Aquele que nos faz sorrir sem vontade...

Será que a felicidade representa o sucesso, o simples fato de se achar importante?, o que, aliás, também é relativo, pois sempre existe a dúvida... o que é ser importante? É ser conhecido? Bem... o Sérgio Naya, o Eurico Miranda, são conhecidos (até demais), podem ser considerados importantes? Podemos considerá-los pessoas felizes? Creio que não.

Para outros, ser feliz é conhecer o mundo, ter um conhecimento profundo de tudo que se passa na terra. É viajar, ter uma grande base cultural. Não deixa de ser um outro conceito de felicidade. E bem válido, diga-se de passagem. Principalmente se este conhecimento foi adquirido como lazer. Muita gente viaja o mundo todo por razões profissionais, e, apesar de conhecer tudo, não consegue conhecer os lugares realmente bonitos e dignos de visitação desses países percorridos.

Para mim, ser feliz é diferente. Ser feliz é ser gente, é ter vida. É viver sem chegada, sem partida, é sonhar, é chorar, é sorrir... é poder ser dono de seu destino. E isso é difícil toda vida, pois sempre temos obrigações com alguém... Então temos que rever um pouco esse conceito... Vamos procurar uma maneira mais fácil e coerente para ser feliz.

Cheguei à conclusão de que na verdade, a felicidade é viver cercado de amor.

É espalhar amizade, para poder ter sempre o calor do abraço sincero de suas amizades.

Que mesmo estando distantes, lembram-se de dizer: "Oi amigo... tudo bem?"

Para sermos felizes, na verdade, precisamos de pouco. Basta-nos estar vivos e saber aproveitar as coisas boas que a vida nos oferece.

O grande problema, é que muitas pessoas adquiriram o hábito de reclamar de tudo. Concordo que não devemos simplesmente nos conformar com o que temos e esquecer do resto. Devemos é saber viver com o que temos, e procurar melhorar. E não é reclamando, xingando, blasfemando que vamos conseguir isso.

Ser feliz é ver todo dia um sorriso de criança, nem que seja seu reflexo no espelho. Um sorriso franco e honesto para a vida, é um sorriso de criança. É saber curtir uma música.

É dançar (mesmo que sozinho). É ter paz dentro de si, conseguindo viver sem ódios ou rancores. É descobrir que todos os dias a vida se inicia, novamente, a cada amanhecer...

É conseguir curtir tanto sol radiante, como o frio aconchegante, uma chuvinha ou um temporal. Não existe tempo ruim...

É conseguir enxergar outras pessoas, admitindo que elas também podem (e devem) ser felizes. É fazer com a vida valha a pena ser vivida, fazendo dela uma grande aventura, a maior loucura, um enorme prazer.

E, principalmente, é conseguir SER amigo, primeiro de você mesmo (a). Dado este primeiro e importante passo, conseguir TER e MANTER amizades duradouras ou efêmeras, mas que sejam sinceras... que realmente tenham prazer em estar com você, em dialogar com você.

Assim, você será feliz e, mais importante ainda, fará outras pessoas felizes.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados