NÃO DEIXE DE POETAR

 

 

NÃO DEIXE DE POETAR
Marcial Salaverry
 
Seja por timidez,
seja qual for a razão,
não deixe de ouvir teu coração,
e permita que tua alma fale...
Continue as palavras usando,
de seu talento abusando...
Cante todo esse amor
que levas na alma,
pois é assim  que terás calma...
Fale com paixão,
e sem compaixão
da dor que levas no coração...
Livre-se da alguma triste emoção...
Das alegrias, não deixe de falar,
e esteja sempre pronta para amar...
É assim que se vive...
Não deixe de viver...
Não deixe de escrever...
Não deixe de a vida amar,
e na vida sempre amar...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados