DELIRANTES MOMENTOS DE AMOR

 

DELIRANTES MOMENTOS DE AMOR
 Marcial Salaverry

 No ato de amor... Viver o prazer...
 No ato de amor... De prazer morrer...
 No amor intensamente vivido,
 sendo completamente sentido,
 deixando os amantes sem sentidos,
 de amores totalmente perdidos...
 Amores delirantes,
 amores amantes...
 Nesse amor, em que ambos apaixonados,
 um pelo outro alucinados,
 fazem a entrega total,
 num delírio quase fatal...
 Vive-se o doce momento,
 um suave tormento...
 Esquece-se todo e qualquer lamento,
 apenas vive-se o quente sentimento...
 Quando existe o amor,
 dando aos corpos esse incrível calor...
 Amor vivido com muito vigor,
 e que deixa um suave torpor...
 Num suave delírio,
 quase um doce martírio...
 Assim é a real felicidade...
 Não existe sequer a saudade...
 Esse é o amor verdadeiro,
 vivido por inteiro...
 Amor delirante,
 amor amante...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados