DESCOBRI NOSSO VERDADEIRO PAPAI NOEL

 

Após muito pesquisar, descobri a verdade sobre Papai Noel...
Descobri que precisamos entender que nós é que
somos o nosso Papai Noel...
Assim sendo, vamos então nos presentear com LUZ, AMIZADE, PAZ E AMOR...
Ósculos e amplexos,
Marcial

DESCOBRI NOSSO VERDADEIRO PAPAI NOEL
Marcial Salaverry

Resolvi tentar desvendar essa história de Papai Noel, seu trenó e suas renas voadoras, a Laponia, e após profunda meditação, cheguei à conclusão de que o Papai Noel é muito real, e existe. De fato ele existe de verdade. Mesmo. Só que não é lá na fria Laponia que ele tem sua morada, pois na verdade verdadeira, ele vive dentro de cada um de nós. Existe em nosso pensamento, em nosso cotidiano, em cada ação que fazemos para nós e para outros que estão por perto também, e assim, depende de nós faze-lo o bom velhinho. Ou não.

Ele permanece em estado latente, apenas nos observando. Procura saber se realmente cumprimos as tradicionais promessas "de fim de ano", aquelas coisas todas que prometemos intimamente apenas, porque se não as cumprirmos, ninguém poderá cobrá-las, e verdade seja dita, quase nunca as cumprimos, mas nosso Papai Noel interior a tudo observa, e poderá nos deixar sem presentes no ano que vem. Então vamos procurar cumpri-las, principalmente aquelas que são voltadas para o bem. Por exemplo, xingar a mãe do chefe, ou do escritor, não pode, merece castigo supremo, pois pode ficar sem emprego, ou então sem bobagens para ler...

Esse nosso Papai Noel não escolhe presentes, ele se faz presente, assim sendo, o maior presente que se pode receber desse nosso Papai Noel é o prazer de chegar ao final do ano e ver o quanto progredimos como pessoa, o quanto de amizades conseguimos acumular, o que conseguimos construir de bom e de útil, para nós e para os que nos cercam, o quanto investimos para melhoria de nossa qualidade de vida e o quanto fomos importantes para mudar o mundo através de nossas próprias mudanças.

Se novas amizades fizemos, se conseguimos manter as antigas, se não fizemos intrigas, se não procuramos prejudicar ninguém, coisas assim, difíceis de se admitir, mas que nosso Papai Noel sabe.  Tudo isto se torna claro,  porque tudo aquilo que fazemos, pensamos e agimos envolve outras pessoas que poderão se basear em nossos atos, e  assim sempre devemos ter cuidado para apenas exercer boas influencias.

O nosso Papai Noel é esse que está dentro de nós, sendo ele que faz mover o sentimento da realização de nossos objetivos e nossos sonhos, sejam os pessoais, sejam os comuns, e ele se apresenta como o bom velhinho, quando procuramos mante-lo presente num beijo, num abraço fraterno, num aperto de mão, num olhar carinhoso, num sorriso, numa brincadeira, naquilo que de bom e útil fizermos, que pode ser até ser uma cronica ou um poema, lembrando essas coisinhas...

O sentimento de "Papai Noel" é a esperança que está naquele idoso hospitalizado, que foi abandonado por seus filhos, está no sonho daquela criança que sente frio e fome na Noite de Natal, está presente naquela mãe que sofre por saber que seu filho é um viciado. É a esperança que essa pandemia finalmente acabe, pois está mexendo com o mundo inteiro...
É a eterna esperança de que algo de bom vai acontecer, e que com certeza é um desejo geral...

Acontece que este Papai Noel não está longe, pois ele está presente em todos aqueles que acreditam  poder  mudar o mundo a partir de seus atos. Ele sem duvida está presente quando sonhamos em realizar os nossos sonhos, e os alheios também.  Ele está presente quando nos reunimos com parentes e amigos, e erguemos um brinde pela Paz.  
 
Esse é o Nosso Papai Noel, em quem todos devemos e podemos acreditar, e assim poderemos ter... UM LINDO E FELIZ DIA DE NATAL, e igualmente valendo para todos os outros 364 dias do ano...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados