EXISTEM FATOS QUE PODEM SER COISAS DO SUBCONSCIENTE

 

Certos atos ou fatos de nossa vida, muitas vezes
são segredos escondidos no subconsciente, e que "de repente, não mais que de repente" podem surgir em nossa mente... São coisas de mente, que podem parecer dementes...
Ósculos e amplexos,
Marcial

EXISTEM FATOS QUE PODEM SER COISAS DO SUBCONSCIENTE
Marcial Salaverry
 
Apenas vivendo e aprendendo vamos conseguir entender que certamente todo ser vivente sempre mantém algo de sua vida em segredo, e assim por vezes, assumimos certas atitudes que são aparentemente inexplicáveis, podendo ser segredos de nosso subconsciente. pois nossa alma sempre encerra muitos segredos, que podem alterar nossa vida, se não forem devidamente desvendados. Por vezes pode ser algo causado por  problemas vindos da mais tenra infância, que podem ser  traumas provocados por alguma injustiça sofrida, ou mesmo por coisas que adultos inadvertida ou propositalmente dizem às crianças, julgando que elas por serem pequenas não irão entender.  Contudo, isso ficará registrado em seu subconsciente, com consequencias imprevisíveis para o futuro, e que na verdade, podem ser traumas que nos atingiram em nossa infância, e que podem indicar uma rejeição, como por exemplo certas frases destrutivas, que nos são ditas, e  que podem  nos fazer  pensar que somos seres insignificantes, derrotados, coisas ditas por pessoas que pretendem nos instigar, estimulando nossa vontade, mas que tem efeito contrário. Aquela frase famosa: “Você não serve pra nada... é um inútil”, que os pais costumam dizer quando estão zangados, geralmente causam efeito diferente do que o pretendido.

Assim como ser castigado por mentiras que nunca proferimos, ou acusação de fatos que não são de responsabilidade sua (ao órfão de nascença por morte da mãe causada pelo parto: "você está viva porque sua mãe morreu"...) causando a sensação de crime impune. Neste caso acaba-se por julgar que se está em um poço escuro, e nessa escuridão tudo parecerá proibido,  fora de reconhecimento para poder ser usado adequada e produtivamente.

Sem qualquer sombra de dúvida, tais comentários são muito prejudiciais, pois é fato real e inconteste que, se deixarmos que nossos traumas e medos nos dominem, a coisa vai num crescendo incontrolável, provocando muitas vezes certos desvios comportamentais aparentemente inexplicáveis. 

Por que dois irmãos, criados aparentemente da mesma maneira são tão diferentes?  Talvez por traumas vindos da infância.  Possivelmente seus pais deram tratamento diferenciado, dedicando mais carinho a um deles, sabe-se lá por qual razão.  Isto irá refletir-se mais tarde.

Precisamos, desde cedo, adquirir consciência, quando algo nos aflige, de que precisamos localizar a causa, e combatê-la, seja de motu próprio, se tivermos o discernimento necessário, ou procurando uma ajuda profissional, que chega a ser o mais indicado, pois não nos será muito fácil identificar certas causas que estão “escondidas” no subconsciente.  Esse problema ora abordado, de acusações, ou de penalidades injustas,  sem dúvida são coisas que marcam fundo nossa alma, e que fatalmente poderão  interferir em nosso comportamento futuro.

Quanto aos medos que nos assolam, e a eventual busca de refúgio artificial no álcool, ou nas drogas, já reflete uma fraqueza de espírito, que pede tratamento urgente.
Nada justifica uma fuga extemporânea como essa, pois  nossos "bichos" devem ser enfrentados de peito aberto, ou com ajuda competente, assim sendo, é muito importante que os pais, desde cedo se proponham manter diálogos esclarecedores com os filhos.  É fundamental que as crianças sempre tenham suas dúvidas, sejam quais forem, devidamente esclarecidas no momento certo.  E esse momento nem sempre é  encontrado pelos pais, que algumas vezes  “estão muito ocupados”  para conversar quando solicitados.  Esse tempo deverá ser encontrado, pois esse diálogo certo, feito na hora certa, sempre poderá evitar alguns aborrecimentos muito sérios num futuro, que se tornou incerto por não ter sido conversado no momento certo. 
Já pensou por exemplo, que naquele momento que ele pediu informações sobre maconha, e que você não “teve tempo”, porque o jogo ainda estava indo para a  prorrogação, ele estava naquele limiar se seria bom experimentar ou não? E por causa de sua recusa, resolveu experimentar?

Essas informações sempre são fundamentais, bem como a maneira como são esclarecidas. Não só devem ser conversadas, como ilustradas com leitura adequada, que ajudará muito a informação prestada verbalmente, pois dará uma “conotação oficial” ao que for dito, e que poderá talvez ter algumas falhas, que serão dirimidas por artigos científicos sobre o assunto.

Sem duvida, o que lemos e o que vivenciamos, desde que saibamos separar o joio do trigo,são de influência enorme em nossa vida. Benéfica, se soubermos direcionar o que absorvemos, mas que poderá ser maléfica se procurarmos fontes outras de conhecimentos. Há que saber discernir, sem duvida.  E nessa expectativa, algo que não é traumatizante, é poder vivenciar ou mesmo desejar UM LINDO DIA, para todos, sem quaisquer traumas...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados