PARA MINHAS MUSAS POETAIS

 

 
MINHAS MUSAS POETAIS
Marcial Salaverry
 
Para as musas que me inspiram a duetar,
quero este poema dedicar...
São os lindos poemas que escrevem,
e que minha sensibilidade atingem,
que  servem de inspiração
para os duetos que me saem do coração.
Não consigo ao mudo apelo resistir,
pois sempre um poema irá me atingir.
São sentimentos que não consigo fingir...
Apaixono-me a cada poema,
e esse é o dilema
a cada poema que atinge minha sensibilidade,
e vem aquela íntima necessidade
de exprimir meu sentimento,
de mostrar o amor que sinto naquele momento...
Minhas musas queridas,
são todas as minhas preferidas...
Em seu talento poetal, estou sempre a procurar
novas razões para poetar... para amar...
Com beijos poéticos,
ou com desejos frenéticos,
faço questão de demonstrar
como sua arte me faz mais e mais amar...
Minhas musas poetais,
são todas poetas amadas e queridas,
a vocês, meus amores, dedico este poema,
feito com a emoção
que com seu carinho e sua arte,
conquistaram meu coração.


Poema dedicado a todas as poetas com quem já tive a honra e o prazer de
fazer algum dueto, algum entrelace artístico.
Dedico também àquelas com, quem ainda não tive esse privilégio, mas que
talvez ainda venha a ter.
Dedico enfim, a todas as poetas maravilhosas de nossa doida Internet.
E uma dedicatória especial para as artistas que com suas formatações mágicas
sabem
dar outra vida aos poemas que nós poetas, escrevemos.
Finalmente, dedico a quem aprecia a arte poetal, e que sabe nos ler,
dedicando-nos sempre o carinho de sua atenção.
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados