DOCE PRAZER

 

 
DOCE PRAZER
Marcial Salaverry
 
Quando os corações se completam,
e ao primeiro olhar se amam...
Quando os sentimentos são tocados,
e já se mostram apaixonados... 
Quando se sente que o amor é como um choque,
o prazer se manifesta no primeiro toque.
Um toque de doçura irradiante,
uma ternura sentida  na voz amante...
O desejo a se transmitir com ternura,
levando os amantes a uma doce loucura...
Loucura de se saberem juntos e apaixonados,
e desejarem manter seus corpos colados...
Bocas coladas num quente beijo,
na doce inconsciência do mútuo desejo...
Naquela ànsia do querer incontrolável,
e no climax atingido na fusão indescritível...
O amor se desenvolve entre os amantes,
que se envolvem em quentes carícias,
cheias da mais gostosa malícia...
falam através de beijos sensuais,
com toques e retoques sexuais...
corpos que colam... bocas que se beijam...
No entrechoque do amor,
o sexo se completa... quente...
meloso... gostoso... cheiroso...
assim é o amor... assim é o sexo...
os amantes se amam... perdem o nexo...
 
 
 
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados