AMOR DE OUTRAS VIDAS

 

AMOR DE OUTRAS VIDAS
Marcial Salaverry
 
Quando o amor vem de outras vidas,
se acontece uma partida,
deixa a alma partida...
Para um amor assim descoberto,
em outras vidas tão longe,
e agora tão perto,
não poderá haver uma partida,
sem que o amor possa eclodir...
Como se pode pensar em partir,
ficando outra vez só, nesta vida?
Coisas dantes acontecidas,
que ocasionaram muitas partidas,
não devem ser agora repetidas...
Esperar por uma próxima passagem,
sem saber se haverá outra viagem,
poderá ser contra o destino,
causando novo desatino...
Se o encontro foi tramado,
em outro plano idealizado,
deve ser realizado...
Espere que aconteça,
não se desespere, nem se aborreça...
E se essa for a sina,
sempre se encontra a luz que ilumina...
Não se deve partir...
Não se deve fugir...
Deve-se esperar pelos designios,
não fugindo do Destino...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados