SEDE DE POESIA

 

SÊDE  DE POESIA
Marcial Salaverry
 
Para essa sêde mitigar,
belas poesias devemos encontrar,
para assim beber da poesia,
como água beberia...
São palavras que encantam,
falando de carinhos que deleitam,
e que nos conduzem a um doce remanso,
que aproveitamos para um leve descanso,
que representa uma pausa para o amor,
a ser vivido com redobrado calor...
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados