O SER HUMANO NÃO CONSEGUE SER HUMANO

 

 
O SER HUMANO NÃO CONSEGUE SER HUMANO
Marcial Salaverry
 
É tão bela a Natureza...
Vem o homem, e estraga a sua beleza...
É tão lindo, tão acolhedor nosso mar...
Por que o homem insiste em o maltratar?
Os animais silvestres, nas matas, que é seu lugar...
Os homens só pensam em os engaiolar...
Animais presos em jaulas no Zoológico...
Não me parece nada lógico...
Experimentem enjaular-se, numa prisão...
Como ficará seu coração?
O mar... quando verde... lindo demais...
Como é triste vê-lo com manchas negras colossais...
Pior ainda, poluido com lama contaminada,
tão contaminada quanto o mar de lama da política...
Por vezes, a Natureza se revolta, se rebela...
E quando zangada se revela,
explode sua ira em maremotos... tornados,
que deixam os homens desesperados...
Um vulcão, quando entra em erupção,
é porque a terra já se cansou de tanta poluição,
e se rebela... mostra como está triste seu coração...
Após promover queimadas, que deixam uma triste aridez,
o homem se queixa de que terra está seca, e esquece o que fez...
Desastres ecológicos...
não são nada lógicos...
Vamos respeitar a Natureza,
cuidando de sua beleza...
Apenas quando o ser humano
aprender a ser humano...
É apenas uma utopia,
mas sonho com isso a cada dia...
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados