CERTAS ESCOLHAS QUE FAZEMOS NA VIDA

 

Sempre teremos nossa escolha de vida,
exercendo nosso livro arbítrio,
para decidir nosso Destino..
Osculos e amplexos,
Marcial
CERTAS ESCOLHAS QUE FAZEMOS NA VIDA
Marcial Salaverry

Podemos entender que existem duas coisas definidas em nossa vida, ou seja, como chegamos e como partimos, contudo, o que fizermos nesse intervalo, será determinado por nosso livre arbítrio, por nossa escolha.

Escolhemos o planeta Terra para reencarnar. Nessa escolha implicitamente concordamos com algumas restrições que esta "escola" nos apresenta.  A dualidade é uma delas. Felizmente, um padrão que está por terminar.

Antes de nossa encarnação, pré estabelecemos um projeto de vida. O véu que cobre a nossa consciência passada, não nos permite saber ao certo qual seria este projeto. Temos que ir nos apoiando nos sinais. E não é dificil, visto que nos basta perceber o fluir dos acontecimentos. Quando estamos trilhando o caminho certo, e quando estamos realizando o projeto pré estabelecido, todos os obstáculos são facilmente superáveis. Existirão, é certo, mas a superação é relativamente tranquila. Ao contrário, por mais que nos esforcemos, por mais que batalhemos para alcançar um objetivo, se ele não estiver dentro de nosso projeto de vida, será em vão. É preciso pois que saibamos observar e sentir os sinais.

O ideal será termos consciência de que não importa o que fomos ou fizemos em outras vidas. Se nos foi dada a oportunidade de crescimento através do aprendizado nesta passagem, não é uma verdade que estamos ou viemos para sofrimento em forma de resgate. Viemos sim para aprender, crescer espiritualmente e chegar à felicidade, pois é esse o destino de todos os Seres Crísticos.

Devemos aprender a forma de pedir, para que sejamos atendidos pelo Universo, que sempre dá aquilo que solicitamos, conforme nosso merecimento, e assim, devemos ter clareza no que pedirmos, agradecer como se já tivessemos recebido, usando sempre as expressões de forma positiva e conjugação presente. Não é dizendo "eu quero ser feliz", mas sim " eu agradeço, porque sou feliz".

Outro fator de que precisamos cuidar é saber aceitar o que recebemos. Se recebemos tudo o que desejamos, saibamos administrar para que não façamos sofrer nem à nós, nem a quem nos cerca. Se recebemos apenas em parte, não fiquemos insatisfeitos, pois não pedimos com clareza e alma. Refaça o pedido, e certamente será atendido. Tudo o que pedimos com clareza e alma, já está atendido, e conforme o merecimento, basta acessar.

Cuide do que estará pedindo para sua vida. A responsabilidade sobre tuas escolhas é apenas tua. O Universo apenas atende a tua solicitação. E esta responsabilidade alcança não apenas a nós mesmos, mas à todos que por nossa vida passam. Estes encontros são o que servirá para nos mostrar o que viemos aprender, e a realizar.

Não devemos cultivar sentimentos de culpas, acreditar que não temos merecimento à felicidade, por prováveis deslizes cometidos em vidas passadas. Se presos ficamos nesse lado escuro da dualidade, estamos deliberadamente nos colocando em uma cilada, optando pelo sofrimento como forma de aprendizado, e escolhemos familia, fatos, pessoas que nos farão sofrer.

É ilógico imaginar sequer, que Deus nos deu a oportunidade de crescimento através da dor. Tenhamos a clareza de que somos os únicos responsáveis pela nossa vida, e tudo o que aceitamos como uma verdade, seja ela boa ou ruim, é como nossa vida se apresentará, e por opção nossa, responsabilidade nossa. É certo que crescemos através do outro, mas podemos escolher este crescimento através do amor, e não da dor. Isso é o nosso livre arbítrio.

"Diga a si mesmo : Eu me perdôo, e estará se liberando da culpa que carregou em seu reencarne.
Diga ao outro : Eu te amo, e estará unindo-se à ele pelo coração, e não pela culpa.
Diga isso várias vezes, mentalize isso várias vezes. Faça isso com sentimento de alegria. Liberte-se de ressentimentos, pois este sentimento só faz mal a você mesmo."
São sábias palavras de quem conhece muito a vida, para as quais devemos dar a devida atenção.

Não devemos iludir a outrem com falsas demonstrações de afeto não sentido. Devemos sempre usar da sinceridade em todo e qualquer tipo de relacionamento, sempre nos apresentando como somos, jamais engendrando personagens para substituir nossa realidade.

Cada um é cada um, tem sua personalidade, sua maneira de viver. E assim deve ser, sendo essa a melhor maneira para se ter UM LINDO DIA.


 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados