BUSCANDO CARINHO

 

 
 
BUSCANDO CARINHO
Marcial Salaverry
 
Venha querida, se hoje estás carente,
precisando de um carinho urgente,
venha para meus braços,
entregue-se aos meus quentes abraços...
Assim, te darei felicidade,
acabando com tua saudade...
Assim abraçadinhos,
gostosamente agarradinhos,
apenas procurando ver "a banda passar",
poderemos tranquilamente nos amar...
Assim... esquecendo-te da TPM, e da menarca da alma,
solte todo o amor que tens no coração...
Venha, se achegue,
mate a minha sede de carinhos
venha pro nosso ninho
aqui tu tens teto, atenção,
beijinhos de montão,
não se sentirá solitária,
Ouviremos música do sertão:
moda de viola,
daquela bem de raiz,
tu deixarás por um triz essa solidão infeliz
e fará no meu coração morada
durante o dia ouvirá cantar a passarada
durante e à noite, veremos juntos a noite enluarada
Os dias de mal estar logo passarão
porque vais te sentir enamorada...
e loucamente apaixonada,
só terás pensamentos para mim,
passearemos pela praia de mãos dadas
buscando a paz das pessoas conquistadas.
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados