NÃO ÀS DROGAS

 

NÃO ÁS DROGAS
Marcial Salaverry
 
“Adote seu filho, antes que um traficante o faça”...
Por um fui adotado, para minha desgraça...
Tenho que dizer não às drogas,
pois já nem sei quem sou...
Vejo o mundo,
todo imundo.
Que faço aqui?
As pessoas passam por mim,
e não me olham.  Enfim,
só ocupo um lugar...
Vivo drogado,
sou um viciado...
Minha vida desgraçada,
pelo vício atrapalhada,
totalmente perdida...
Atrapalho a passagem,
perdido na viagem,
em que eu mesmo embarquei...
Sumido na voragem
de tudo que me cerca.
Ver-me não quero,
se me vejo, me desespero.
Cansei... Perco-me no mundo,
que continua imundo...
Não consigo dizer não às drogas,
E a droga, transformou
a vida numa droga...

 
Poema inspirado no depoimento de um rapaz de
23 anos, já no estágio terminal do vício, colhido
ao vivo em seu leito de hospital.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados