PROVÉRBIOS

 

A árvore quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira. (Provérbio árabe)

Ser pedra é fácil, o difícil é ser vidraça. (Provérbio Chinês)

Bondade em balde é devolvida em barril. (Provérbio Chinês)

Ninguém experimenta a profundidade de um rio com os dois pés. (Provérbio Africano)

Ao término do jogo o rei e o peão voltam para a mesma caixa. (Provérbio Italiano)

Quando as armas estão prontas o bom senso vai-se embora. (Provérbio árabe)

Quem estuda e não pratica o que aprendeu é como o homem que lavra e não semeia. (Provérbio árabe)

Tudo o que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer, mas tudo que acontece duas vezes, acontecerá certamente uma terceira. (Provérbio árabe)

A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga. (Provérbio Japonês)

Pouco se aprende com a vitória, mas muito com a derrota.

Quem espera, desespera.
Quem espera, sempre alcança.
Afinal... como ficamos?

Antes só do que mal acompanhado.

Pelo dedo, se conhece o gigante.

Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe.

Uma desgraça nunca vem só.

Deus ajuda que cedo madruga.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

Mulher com cova na face... ao beijá-la, cuidado... pois vão prá cova escondidos... os beijos que deres nela...

Ajuda mais quem não atrapalha.

Mulher de amigo meu, pra mim é homem.

Quem tudo quer, tudo perde.

Cão que late não morde.

A barriga é a curva da prosperidade.

Dois bicudos não se beijam.

Quem dá aos pobres, empresta a Deus.

Sol e chuva, casamento de viúva.

Mais vale um pássaro na mão, do que dois voando.

Quem tem boca vai a Roma.

A união faz a força.

É dando que se recebe.

A fé remove montanhas.

Diz-me com quem andas e eu te direi quem és.

Para bom entendedor, meia palavra basta.

A pressa é inimiga da perfeição.


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados