DUETO COM SONETO DE AMOR DE VINICIUS DE MORAIS

 

 

Para o Soneto de Amor de Vinicius de Morais,
este dueto entrelaçado, com as rimas no sentido inverso...
 

SONETO DE AMOR
Vinícius de Moraes("") / Marcial Salaverry
  
"Este infinito amor de um ano, faz
que é maior do  que o tempo e do que tudo.
Este amor que é real e que contudo
eu já não cria que existisse mais."
 
amor que cada vez cresce mais,
e que surgiu, contudo,
mais forte que tudo,
e que mais felizes nos faz...
 
"Este amor que surgiu insuspeitado
e que dentro do drama fez-se em paz,
este amor que é túmulo onde jaz
meu corpo para sempre sepultado."
 
O amor jamais será sepultado,
nem mesmo onde o corpo jaz,
um amor vivido com amor e paz,
e um carinho insuspeitado...
 
"Este amor meu é como um rio; um rio
noturno, interminável e tardio
a deslizar macio pelo ermo..."
 
Sinto-te na solidão deste ermo,
amor de sempre, cedo ou tardio,
e que flue em nossa alma, como um manso rio...
 
"E que em seu curso sideral me leva
iluminado de paixão e treva
para o espaço sem fim de um mar sem termo."
 
Amor vivido com carinho sem termo,
iluminando com sua luz da solidão a treva,
e que para as alturas do prazer me leva...
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados