FELICIDADE

 

 

FELICIDADE

Marcial Salaverry

 

Um garoto chamado Bertrand Russel disse que "não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade". Garoto esperto. Sem dúvida alguma, o que determina os grandes objetivos de nossa vida, é sempre estar atrás de alguma coisa que ainda não conseguimos.

No momento em que olharmos à nossa volta e chegarmos à conclusão de que TODAS nossas metas foram atingidas, é porque não desejamos mais viver. Justamente o que nos impele à luta é tentativa de conseguir aquele "algo a mais" que está faltando.

Seja um curso que nos abrirá novos horizontes, seja aquela viagem que tanto desejamos fazer (por exemplo, ir ao Congo, e ver se eles comem baratas mesmo), seja "aquele amor que queremos", enfim, SEMPRE temos que ter aquele desejo ainda insatisfeito. Claro que, ao conseguirmos realizá-lo, já temos que ter outro de reserva para transformá-lo "na nossa grande meta". O que não se pode, é estagnar. Olhar em volta e dizer "Pronto cheguei lá... nada mais tenho a fazer no mundo". O certo será: "Pronto... consegui este objetivo... Vamos ao próximo". Aí sim, estaremos justificando nossa permanência neste planetinha tão pequeno... Sim, pequeno... Não tem um monte de doidos querendo chegar até os outros planetas ? É o pequeno objetivo da vida deles... E quando conseguirem visitar todos... "como poderemos visitar o Sol ?".

Assim se vive.  Sempre deveremos ter uma meta para atingir, caso contrário, será o FIM.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados