UM BELO PRESENTE DE ANO NOVO

 

 

É muito gostoso quando recebemos um belo presente de Ano Novo,
um presente que faz bem para nossa alma...
Osculos e amplexos,
Marcial

UM BELO PRESENTE DE ANO NOVO
Marcial Salaverry

Ontem recebi um belo presente de Ano Novo antecipado. Em rápidas pinceladas, vou explicar o porque de considerar o ocorrido como um autêntico presente de Ano Novo, uma vez que mais ou menos nesta mesma época no ano passado, encontrei casualmente um velho conhecido, que houvera perdido a esposa poucos meses atrás, vítima de câncer.
Ele estava "pra baixo", na verdadeira acepção da palavra. Desolado, arrastava-se pela rua, ao invés de caminhar. Sentindo seu desânimo, procurei iniciar um bate papo. Ele queixava-se da vida, de Deus, de tudo. Dizia que não conseguia tirar da cabeça o sofrimento que a doença causara em sua amada esposa. Estava realmente arrasado. Permiti-me dar uma sugestão. Como ele aceitou, principiei dizendo que achava que, ao invés de ficar relembrando os meses de sofrimento, que procurasse mudar o pensamento. Sempre que essa nuvens negras viessem toldar-lhe as idéias, que ele procurasse desviar o pensamento, procurando sempre se lembrar, isto sim, dos momentos felizes que tiveram juntos, e foram tantos, que poderiam perfeitamente mudar o rumo de suas idéias. Que procurasse fazer, embora sozinho, as coisas que gostavam de fazer juntos. Sem dúvida as boas lembranças iriam fazê-lo sentir a presença querida ao lado. Enfim, que procurasse sempre se lembrar das coisas boas passadas juntos, procurando as alegrias e nunca as tristezas.
Ele me olhou fixamente, e disse que, com certeza iria tentar, pois eu fora a primeira pessoa que não dissera a ele para que se esquecesse da esposa, como se isso fosse possível, como se fosse possível varrer das lembranças quem muito amamos. É realmente impossível.
Como disse no começo, só ontem é que voltei a encontrá-lo, e tive o grande prazer de ver em seus olhos o brilho de antigamente. E foi aí que ganhei meu presente de Ano Novo.
Disse-me que havia "encaixado" minha sugestão e começara a mudar o rumo dos pensamentos.
Já no almoço de Natal, quando os filhos e netos chegaram à sua casa, esperando encontrá-lo arrasado, ele os surpreendeu, com a casa toda decorada, como ele e a esposa sempre houveram feito. Recebeu os filhos com muita serenidade, e disse que iriam ter um Natal "como os de antigamente", cheio de recordações alegres de momentos felizes. Disse, inclusive, que no consenso geral, foi "o melhor Natal de todos", e ele enfim, recomeçou a viver.
Então amigos, foi ou não um ENORME presente de Ano Novo antecipado que recebi?
Saber que colaborei para o reviver de um amigo, deixou meu coração enorme.
Só posso agradecer ao Amigão o fato de ter colocado as palavras certas no momento certo e, principalmente, o fato desse meu amigo ter entendido o sentido dessas palavras.
Realmente, ganhei um baita presente de Ano Novo.
Para isso servem as boas recordações dos momentos bem vividos, para nos mostrar que a vida tem muitas alegrias, e é nelas que nos devemos apoiar quando
alguma tristeza começar a toldar nossa mente, e assim, sempre termos UM LINDO DIA... 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados