INDRISO - UM CHAMADO DE AMOR

 

 

 

 

CHAMADO DE AMOR
Marcial Salaverry
 
 
 
Vejo aí um grande amor reprimido...
Por que assim tão contido?
Por que não soltar o sentimento,
evitando futuro lamento?
 
 
Por que não deixar o amor fluir,
antes que o tempo o faça fugir?
Por que não trocar o desejo latente,
pelo amor, simplesmente?
 
 
E assim viver um amor em plenitude...
 
 
Um sem limitações despertando o coração...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados