A SERENIDADE DO AMOR

 

 

A SERENIDADE DO AMOR
Marcial Salaverry
 
Com o coração sempre puro, procuramos sentir serenidade, sempre em busca da felicidade...
Sem sentir medo, e sem tampouco desistir, embora por vezes ficando sem rumo, procuramos encontrar nosso prumo...
Olhando para o alto, vemos que lá está Deus, e sempre é Ele que nos orienta...
E se a esperança por acaso não sentir, é só não desistir, é saber persistir, e lutar contra o que nos atormenta...
Sempre fica uma luz, uma cor, uma estrela brilhando, o a brilhante luz do luar...
O que se impõe, é buscar apoio no amor, sem se deixar dominar pelo desespero, e sem tristeza, veremos a luz, a beleza...
Lá está o amor, o carinho, e olhando naquela direção, encontraremos o que pode ser linimento para o coração...
Sigamos adiante, seja como for, pois à frente, nos espera o amor...
Sigamos sempre procurando, sempre o amor buscando pois ele nos está esperando...
Sinta comigo a doce emoção e a muda sensação que nos domina o coração...
Reconhecendo o chamado do amor, e naquele doce momento, tirando todo tormento, entregamo-nos ao suave calor que sem contestação, nos vem desta doce paixão...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados