COMO DEVE SER UMA VERDADEIRA MULHER

 

 


COMO DEVE SER UMA VERDADEIRA MULHER
Marcial Salaverry

Vamos analisar com isenção de ânimo como deve ser uma mulher, como deve ser e agir uma verdadeira mulher.
Analisemo-la à luz das necessidades de um homem que saiba dar o devido  valor a uma mulher,  sem preconceitos machistas ou feministas, apenas realistas.
Ela deverá ser forte. Poderosa. Ao mesmo tempo, suave e delicada.
E elas sabem ser, quando realmente querem.
Comparativamente falando, podemos dizer que ela deverá ter a força e o calor do sol para aquecer o dia do homem, e ao mesmo tempo, deverá ter a suavidade da lua, das estrelas, para iluminar o amor, e permitir o repouso após o embate amoroso, assim como deverá ser amena e benfazeja como a brisa que acaricia nosso corpo durante o dia.
Contudo, em certas ocasiões deverá ter a fúria da tempestade, mostrando toda a força de seu amor, e é quando d
everá saber se impor com suavidade, e fazer prevalecer sua vontade, fazendo com o que homem pense que é ele quem comanda, pois essa impressão de domínio masculino é importante para que a mulher prevaleça.
Não deve jamais se apequenar, submeter-se, mas deixar essa impressão, para que ele tenha essa impressão de dominio, mas fazendo o que ela quer.
Assim, embora ele ostente o poder, em seu íntimo sabe a grande companheira que tem, e saberá escuta-la em seus momentos de duvida.
Ela deverá ter a doçura de uma fruta madura, sem esquecer que por vezes a fruta pode ter um travo amargo mas devemos saber o momento de aproveitar a doçura, ou de entender os problemas que ela pode estar passando.
Deverá ser terna e suave como as pétalas das flores, mas sempre lembrando que flores também tem espinhos, e que devem ser tratadas com cuidado e carinho para não ferir as mãos de quem as toca sem a devida atenção.
Deverá ter a alegria encontrada no chilrear das avezinhas quando o dia começa, pois sempre é bom amanhecer com alegria, mas devemos fazer nossa parte, pois a alegria, a felicidade, exigem reciprocidade.
Podemos compara-las com os riachos que serpenteiam serra abaixo, acariciando as pedras que encontra, mas por vezes as leva de roldão, quando for necessário impor-se.
Devemos saber receber as carícias, sem enfrenta-las com resistência, pois poderemos ser simplesmente deixados para trás.
Fala-se da fragilidade feminina,  e que elas precisam sempre de nosso amparo e proteção, o que sempre será uma falsa impressão, já que, na verdade,  quando parecem estar sendo amparadas, são  elas que nos dão o real apoio, fazendo-nos pensar que somos os mais fortes, e é isso na realidade, o que nos faz ficar fortes.
Não é à toa que existe aquele provérbio "Por trás de todo grande homem, sempre existe uma grande mulher". Permito-me acrescentar, "
muito cansada".
Na verdade, elas tem a coragem das leoas, não esquecendo que são as leoas que enfrentam os maiores perigos, e vão à caça para alimentar os leões.
Assim são as mulheres que realmente merecem ser chamadas de mulheres, sendo a verdadeira força da familia.
Não hesitam em acompanhar e apoiar seus homens na grande aventura da vida. Não hesitam em abandonar seus lares e famílias para estar ao lado de seus eleitos, quando isso for necessário.
O homem foi educado para desbravar o mundo, e a mulher existe para que isso seja possível, apoiando com seu tirocinio e a força moral.
A história nos apresenta milhares de exemplos de mulheres que foram o sustentáculo de grandes lideres mundiais.
Sem falar que muitas não apareceram, por preferir trabalhar à sombra.
Mas tenham a certeza de que existiram.
Em troca dessa força toda, desse apoio todo, de serem nosso real sustentáculo, apenas pedem em troca, amor, carinho, atenção e, principalmente muito respeito.
Respeito pelo que ela faz, respeito pelo que ela vale, respeito pela sua condição de mulher, e principalmente, respeito pelo respeito, amor e carinho que ela nos devota.
Infelizmente muitos não reconhecem esse valor, e apenas vão notar sua falta quando as perderem.
Para as mulheres em geral, e para os homens que lhes sabem dar o devido valor, vai meu abraço especial.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados