VAMOS ENTENDER O AMOR

 

 

VAMOS ENTENDER O AMOR
Marcial Salaverry
Para tentar entender o amor, temos que entender que quando se ama, tudo é possível, seja acabar com o silêncio, seja liberar os desejos e entregar-se ao carinho, seja por vezes não querer mais ver a quem se ama, e haja incoerencia no tal do amor...
Assim sendo, como explicar um sentimento, que é quase um lamento, apenas tangível por um coração sensível, como explicar sua existência, se não tem aparência, e nasce no mais fundo interior de nossa alma, e assim, saber que o 
importante não é entende-lo, é saber senti-lo, é saber vive-lo, e principalmente, saber aceitá-lo...
 
Quando se ama, podemos sentir a presença ausente, sentindo quando está para chegar, e até podemos sentir  o cheiro da pessoa amada, o seu carinho, mesmo estando sozinho, sente-se a emoção vindo devagarinho, e o bater do coração...
E assim, sentimo-nos juntos ainda que distantes, pois sentimos os corações batendo em uníssono, cantando o mesmo cântico de amor...
Quando amamos, somos capazes de voar com nossa imaginação, e suas verdadeiras asas são as asas do coração...
Sentimos amizade e amor, que são as asas da emoção...
Se quiser sentir toda essa sensação, entenda bem a amizade, que se pode sentir quando temos a
capacidade de olhar para outrem, oferecendo-lhe nosso carinho, nossa energia, nosso amor...
Uma dúvida que surge, é quando se pergunta se serão os amores apenas desejos de carinhos, de toques, de beijos, e se serão os amores apenas imaginação, dando calor e vida ao coração, quando na verdade, os verdadeiros amores são aqueles de toda uma vida, vivida em clima de amor e amizade, tendo ternura e ventura que nunca desaparecem, emoções nunca perdidas...
Os amores vividos em plenitude, são aqueles que dão mais vida à vida, que nos fazem sentir a beleza da Natureza, de um nascer do sol, da chuva caindo, do voo de um pássaro, a doce emoção de ouvir um choro de criança, fruto desse amor.
Enfim... chegamos à conclusão de que o amor é o sentimento que tira a aridez da vida, fazendo com que possamos sentir que estamos vivos, que nosso coração é capaz de bater com a emoção de um amor autentico, de uma amizade sincera, e que é a capacidade de amar, a maior benção que Deus ofertou ao ser humano, que só poderá ser humano de fato, se souber amar, seja algo, seja alguem...
E é com coração e alma pleno de amor, que desejo a todos toda a felicidade do mundo.
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados