O MELHOR NATAL DE MINHA VIDA

 

 

O MELHOR NATAL DE MINHA VIDA
Marcial Salaverry
 
Não preciso pensar muito para definir qual foi o melhor Natal de minha vida, pois, com certeza, foi o Natal de 1969.
Foi o primeiro Natal de nossa pequena família, minha esposa, meus dois filhos e eu, no longínquo Congo. Estávamos apenas nós os quatro brasileiros no Congo, com muita saudade da família, quase chorando de tristeza, quando, de repente, como que uma forte onda de amor nos uniu, demo-nos as mãos, nos concentramos em um pensamento de muita paz e amor. A tristeza de repente sumiu... Entendemos que fôra nossa opção estarmos naquela terra distante, e que nossa união seria nossa força para podermos superar tudo.
Aquele Natal foi um marco para nós. Como que um símbolo do que a fé e o amor podem conseguir. Depois que todos foram dormir, peguei o cassete, e gravei uma mensagem para minha família, transmitindo para minha esposa e filhos, todo o Espírito de Natal. No dia seguinte, no almoço, mais uma vez, demo-nos as mãos, elevamos nosso pensamento para o Aniversariante, e tivemos um dia de muita Paz e Amor.
O que poderia ter sido um triste Natal, foi um dos mais significativos de nossa vida.
Apenas nós quatro, recém chegados ao Congo, e na época não havia os meios de comunicação de hoje. Nem telefonemas, nem nada que permitisse sentir o aconchego familiar. Mas o dedo do Aniversariante tocou nossas cabeças e nos permitiu aquele momento mágico, que até hoje está gravado em nossa memoria, quase 40 anos depois.
E tivemos UM LINDO DIA, com muitos ósculos e amplexos premonitorios de dias que estavam por vir, em nosso porvir...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados