COISAS INTERNETÁRIAS.

 

 

A Internet por vezes nos prega surpresas,
exigindo por isso, certos cuidados...
Osculos e amplexos,
Marcial

COISAS INTERNETÁRIAS
Marcial Salaverry

É fácil constatar que, se a Internet chegou arrasando, encurtando distancias, facilitando contatos com o mundo inteiro, possibilitando adquirir novos conhecimentos, e principalmente, fazer novos conhecimentos, também trouxe na bagagem uma série de problemas e perigos, para os quais é preciso prestar muita atenção, e tomar certos cuidados.
Nestes tempos que estamos atravessando, em que um simples passeio em algum parque, restaurante, cinema,  ou mesmo shopping,  pode ser encarado como uma perigosa aventura, envolvendo elevado grau de risco de vida, devido à possibilidade de certos encontros indesejáveis com assaltantes ou com balas perdidas, a Internet surgiu quase como um bálsamo para muitas almas solitárias.
Quer seja por uma timidez natural, quer seja por causa dos perigos que envolvem qualquer saída, ou mesmo porque nem todos gostam de sair, preferindo a companhia da telinha, que antes era a da televisão, e agora, é a do computador, cada vez mais se prefere a companhia de um teclado e uma telinha...
Dentro da Internet, existem diversos meios para se fazer novos conhecimentos, entre os quais, as famosas salas de bate papo, em que pessoas podem soltar sua imaginação à vontade, pois como a identificação não é exigível, pode-se usar um simples apelido (nick, para os íntimos), e assumir a personalidade que sua fantasia determinar.
Justamente por ser assim, informal e impessoal, é que chega a morar o perigo. 
Vamos usar como exemplo, o que poderia ter acontecido com duas pessoas, que se conheceram numa dessas 23581 salas de bate papo da Net, que simplesmente trocaram nicks, e iniciaram uma simples conversa, que, por uma série de fatores imponderáveis acabou se transformando em um romance, chegando a haver um envolvimento entre ambos.  Acabaram sentindo uma inexplicável atração mútua, e esse bate papo quase que passou a ser uma das coisas mais importantes do dia para ambos.  Simplesmente não viam a hora em que estariam "frente a frente" na mesma telinha (não importa quantos quilômetros estivessem separando seus corpos, pois sentiam-se nos braços um do outro.
De repente, algo aconteceu que rompeu o liame. Pode ser algum impedimento de uma das partes (existem mil razões para tanto), ou simplesmente um cansou da brincadeira antes que o outro.  É simples "fechar um contato" assim, já que basta mudar de sala, mudar de site, ou mesmo, mudar apenas de nick...  Como alguém poderá saber que o Gaúcho Sonhador, agora passou a ser o Cabra da Peste? Alguém fica na saudade, pois não consegue explicação para o sumiço.  Pensa mil coisas, desde sequestro, até morte súbita, menos a mais lógica, que é a simples perda de interesse de um dos lados, ou dos dois... Simplesmente, fechou-se o contato.
Muitas vezes o afastamento foi involuntário, que pode ter sido uma doença por exemplo... Não foi possível avisar. O outro lado, magoado, muda de nick, e recomeça a peregrinação em busca de outro amor, ou então simplesmente desiste de visitar salas de bate papo e procura outros caminhos para conseguir amizades.
O interessante, em casos assim, é que ambos ficam tristes, magoados, pensando que foram vítimas de mais uma das brincadeiras da Internet, mas acontece que ambos estavam realmente interessados em desenvolver seu caso de amor, que foi interrompido à revelia deles. 
Quantos casos existem nessas condições, quando o contato foi interrompido por razões alheias à vontade de ambos, e ambos podem  ficar procurando reativar o contato, mas não conseguem, por simples coisas do Destino.
Um outro caminho para se fazer amizades, é através de e-mails. Chega a ser um pouco mais seguro do que as salas, porque já envolve uma certa identificação, quando ninguém está mal intencionado, mas mesmo neste caso tudo pode ficar complicado, pois igualmente é muito fácil mudar-se a identificação emaillatória.  Basta mudar o provedor, usar um nome qualquer. E pronto, está feita nova identidade.
Penso que algo poderia ser feito, por exemplo, se houvesse um programa de fácil acesso, que permita identificar quem é quem na Internet, uma espécie de RG internético...
Mas, os desencontros sempre poderão acontecer, mesmo que ambos estejam bem intencionados, e pretendam levar a amizade incipiente adiante, e as possibilidades são várias, os desentendimentos sempre poderão acontecer, pois sem duvida alguma, é mais fácil resolver um problema à distancia, do que num encontro pessoal. Um simples clicar de botão, e pronto, alguém desaparece de sua vida...
Por vezes tenta-se um reencontro, mas se houve alguma mudança de provedor, de e-mail, já fica mais difícil de encontrar... Por vezes, alguém perde a possibilidade de um computador à mão durante algum tempo.  O outro lado, desgostoso com o silêncio, muda de endereço, e pronto fechou-se o contato. E o reencontro sempre será problemático. Podem depender de um acaso juntá-los novamente...
Para evitar esse desencontro, estou por aqui, sempre desejando UM LINDO DIA,  mas pode acontecer de eu sumir também, e daí, como vai ser o bom dia de  vocês???

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados