AMIZADES VERDADEIRAS

 


Eis uma coisa muito difícil para ser definida: O QUE SÃO AS VERDADEIRAS AMIZADES... Realmente, não é fácil definir quem são nossos verdadeiros amigos.
Será que são aqueles que nos cumprimentam efusivamente nas festas e recepções? Será que são aqueles que nos prestam favores, sempre esperando a retribuição pelos favores prestados, cobrando-os na primeira oportunidade? Poderão ser aqueles que sempre procuram aparecer ao nosso lado quando estamos fazendo sucesso?
Ou será que são aqueles que sempre procuram fazer tudo por nós, não nos dando sequer tempo para pensar, e já estão "adivinhando" nossos pensamentos, e vivendo por nós?
Recebi um pensamento atribuído a "Collins", que diz bem sobre o assunto.
Na Prosperidade nossos Amigos nos conhecem; na adversidade conhecemos os nossos Amigos.
Vamos procurar responder as perguntas feitas acima.
Aqueles que nos cumprimentam em festas, poderão ou não ser amigos de fato, pode ser apenas uma amizade ocasional, dessas que só encontramos em festas. Muitos abraços, beijos, cheio de "como tem passado", "feliz em vê-lo", mas finda a festa, cada qual para seu lado, e até a próxima. Estes não são Amigos... podem ser simplesmente amizades ocasionais.
Os que nos prestam "aqueles" favores quando estamos agoniados, podem ser considerados amigos, quando os favores são prestados desinteressadamente. Mas também pode ser apenas espírito de solidariedade. Louvável. Mas não é Amizade.
Quando os favores são prestados com o intuito de serem cobrados mais tarde, com frases do tipo: Quando vc precisou eu te acudi.. agora é tua vez... Não é amizade, é uma simples troca de interesses.
Quanto àqueles que nos procuram em nossos sucessos, com os tradicionais tapinhas nas costas e a célebre frase "Nunca duvidei de vc"... São os amigos oportunistas... Se entrarmos numa descendente, sairão correndo em busca de outros que estejam fazendo sucesso... Portanto, cuidado com esses oportunistas.
Aqueles que tudo fazem por nós, chegam a ser piores do que inimigos. Agindo assim, nos privam o direito de vivermos e de termos nossos erros e acertos. Na sua ânsia de "comprar" nosso amor, acabam nos prejudicando seriamente, pois nunca saberemos lutar por nosso espaço. Estamos acostumados a ter tudo a tempo e hora, e não sabemos portanto o quanto de conquista pode haver na vida. E é muito gostoso olharmos para trás, sabendo que o que conseguimos, o foi com nosso esforço.
Como disse nosso amigo Collins, "na adversidade conhecemos nossos amigos". Justamente quando estivermos necessitando de um apoio, mesmo que seja apenas um apoio moral, uma palavra de consolo, um conforto, ou mesmo alguém que nos escute nos momentos de aflição, aí teremos encontrado um Amigo. Sentiu que estávamos em dificuldades, com algum problema, dispôs-se a compartilhar conosco essa hora difícil.
Sem qualquer outro interesse, além daquele de ver se poderia fazer algo. E se não puder, ao menos escutou... E isso já é de grande valia.
Então, é isso aí... Amizade, é o compartilhar a vida. Tanto os bons quanto os maus momentos devem ser compartilhados. Uma alegria dividida com uma pessoa amiga, é muito mais alegre do que sozinha, ao passo que uma tristeza compartilhada, fica muito menos triste. Só o fato de termos alguém com quem desabafar já é muito importante e gratificante.
O interessante, é que Amizade não é um sentimento que se compra. Ou conseguimos conquistar a Amizade, ou nunca a teremos. A Amizade simplesmente "sente-se". Somos amigos de alguém, sem procurar saber o porque, simplesmente somos. Entre milhares de pessoas, fomos descobrir uma por quem sentimos algo de especial, e é lindo isso...
Feliz de quem consegue ter amizades leais e sinceras.
Bem meus Amigos e Amigas, tenham um LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados