MEDO DE AMAR

 

 

 

 

MEDO DE AMAR
Marcial Salaverry
 
Não querer saber de amar,
por ter medo de se envolver,
e não se entregar ao poetar,
por ter medo de aborrecer...

Por ter medo de aborrecer,
perdem-se na vida,
e deixam-se perder,
sem viver a vida que lhes é devida...

Sem viver a vida que lhes é devida,
deixam de na vida amar,
nessa tristeza sempre mantida...
 
Nessa tristeza sempre mantida
por não querer amar e poetar,
vive triste uma alma ferida...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados