O QUE É PREMONIÇÃO

 

 


 
O QUE É PREMONIÇÃO
Marcial Salaverry
 
Premonição é algo como prever algo que vai ou pode acontecer.
Falar em premonição, é sempre falar em algo fantasioso, pois poucas pessoas acreditam que realmente se possa receber algum “aviso” sobre coisas que vão, ou que podem acontecer.
Contudo, existem pessoas que por vezes, sentem uma espécie de antevisão de que algo  vai ocorrer. Essa idéia nunca surge nítida e definida.  Simplesmente sente-se um pressentimento de que alguma coisa vem por aí. E muitas vezes não se define se é algo bom ou ruim, depende muito de saber interpretar aquilo que se sente.
Jeremias era uma pessoa com hábitos que não gostava de mudar. Sempre foi muito sistemático, e jamais mudava, por exemplo o itinerário que seguia quando saia de sua casa para o trabalho.
Em determinado dia, ele comentou com sua esposa que parecia que alguém estava lhe dizendo que deveria seguir por outro caminho, e ela, que nunca acreditara nessas coisas, criticou, dizendo ser ridículo mudar o caminho apenas porque “havia uma voz dizendo para faze-lo”. Perguntou a marca da pinga que ele havia bebido.
E Jeremias fez o mesmo itinerário de sempre. E no meio do caminho, um caminhão surgiu do nada, abalroando seu carro, e ele morreu nesse acidente.
Por estranho que possa parecer, talvez tenha sido realmente um aviso que ele recebeu, mas não quis entender, ou mesmo não entendeu, por não acreditar que algo assim pudesse acontecer.
Sua esposa, depois acabou fazendo-se a mesma pergunta “Teria sido um aviso?” Não se pode dizer como interpretar um fato assim, por ser um  assunto por demais complexo, e cercado de crendices.
O fato é que Gertrudes depois ficou muito atenta para esse tipo de “avisos”, e sugestionou-se de tal forma, que “ouvia vozes” sempre, “dizendo-lhe” o que deveria ou não fazer.
De incrédula, passou a ser quase uma fanática. E por vezes, antes de qualquer decisão, mesmo que fosse uma simples ida ao cinema, ficava à espera do que “as vozes lhe diriam”.
E assim, praticamente deixou de viver a vida, pois “as vozes” sempre lhe sugeriam ficar em casa, para evitar que algo de mal lhe acontecesse. Na realidade, era o medo de sofrer algum acidente igualmente fatal que fazia com que ela “ouvisse” essas vozes.
E ela sempre permanecia em casa, apenas chorando a saudade de seu marido.
Contudo, teve uma vez em que ela realmente “ouviu” uma voz dizendo que ela deveria sair de casa. Achou que era Jeremias, e ela achou que ele a poderia estar chamando para seu lado. Com essa idéia no pensamento, saiu de casa e começou a perambular pelas ruas, chamando por seu marido, pedindo que a fosse buscar logo.
Passou um sinal vermelho, distraída que estava, e foi colhida por um carro em alta velocidade...
Teria sido realmente um chamado de Jeremias, que do outro lado viu o quanto ela estava sofrendo por saudade, ou foi simplesmente um acidente?
São coisas que jamais serão explicadas.
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados