CERTAS TEMPESTADES QUE ENFRENTAMOS

 

Para melhor enfrentar as tempestades
que iremos encontrar pela frente,
devemos saber usar algo chamado
BOM SENSO...
Osculos e amplexos,
Marcial

CERTAS TEMPESTADES QUE ENFRENTAMOS
Marcial Salaverry

Em nosso caminhar pela vida, sempre encontramos obstáculos,  e então enfrentamos algumas tempestades que podem ser devastadoras, arrasando nossa vida, mais até do que acontece quando cai uma chuva torrencial, daquelas que inundam cidades.
Temos que saber enfrenta-las, para que nossa vida não vá de roldão, levada pela torrente de água, pois tempestades não são apenas as de água, raios e trovões, que são causadas pela Natureza.
Tempestades também são aqueles percalços que nos prepara a vida. Aqueles problemas que precisamos solucionar. Alguns, causados por imprevidência nossa, por não termos sabido tomar os devidos cuidados. Outros, por contingências na vida, os chamados acontecimentos inevitáveis. Outros, provocados por terceiros que, deliberadamente ou não nos causam aborrecimentos, cuja solução dependerá de como poderemos raciocinar,  na busca de soluções.
Tempestades também são aqueles acontecimentos que temos de enfrentar para defender nosso amor. Alguns, provocados por ciúme, muitas vezes infundado, outros, porque não soubemos agir corretamente, cedendo a algumas  tentações.
Mas o amor pode sobreviver a todas as tempestades, poderá mesmo sair  ileso de todas as armadilhas que o Destino tramar, se estiver bem plantado, se  for um amor de verdade, que esteja sendo vivido em clima de compreensão e respeito.
Quando amamos realmente, com aquele amor bem enraizado, adequadamente regado pela água do carinho, da compreensão, do respeito, as tempestades sempre serão vencidas, por mais fortes que sejam.
Quando os parceiros podem olhar-se bem dentro dos olhos, dizendo: Nosso amor é NOSSO AMOR, e tudo poderá superar, basta um beijo especial para aquietar  um coração alvoroçado.  Um toque de mão, para reafirmar a sinceridade do que se diz com o olhar, serve como proteção contra a pior das tempestades. É um daqueles guardachuva de portaria de hotel de classe.
É preciso que se diga, com toda a sinceridade: Eu te amo para sempre.
Espero que me ame, que nos amemos com sinceridade total enquanto a vida durar. Mas, se um dia uma tempestade final nos separar, poderemos dizer que valeu pelo tempo que juntos  vivemos, e pelo tanto que nos amamos, com este amor feito realmente de AMOR.
Esta é a real base para que um amor se eternize. Carinho, confiança, respeito, reciprocidade, constituem a proteção perfeita para todas as
tempestades que possam surgir pela frente.
Mesmo que desabe a maior tempestade, procure sempre fazer de seu dia, UM LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados