MEDO DA REJEIÇÃO DO AMOR

 



O medo de amar, ou desse amor falar,
pode provocar a perda do ser amado...
Osculos e amplexos,
Marcial

A TÃO TEMIDA REJEIÇÃO DO AMOR
Marcial Salaverry


Existem muitas pessoas que tem medo de amar, e um dos fatores que mais atrapalha a possibilidade de viver um bom relacionamento, é o medo da rejeição...
E isso acontece quando amamos alguém, mas por temer uma possível rejeição, por temer a recusa de nosso amor, o sentimento fica guardado, pois falta a coragem para declarar o amor, e vai ficando apenas no íntimo, no fundo da alma a tão desejada declaração, pois fica o receio de ser recusado...  Ora, se o amor não for declarado, não haverá a rejeição, mas também a pessoa em questão não saberá que está sendo amada.
Muitas vezes, fazemos uma espécie de jogo de gato e rato, através de insinuações que são  feitas, pequenas charadas que são lançadas. Ao invés de tentar a conquista direta, por medo de sofrer uma recusa, tentamos fazer a pessoa entender que estamos interessados,  procurando fazer com que ela se manifeste, dando um sinal de abertura.
Ora, nem sempre tais intenções são corretamente entendidas. O melhor é usar-se de franqueza, dizendo de nosso real interesse. Se não houver correspondência de sentimentos, logo saberemos, e saberemos se devemos desistir ou não.
Esse medo de uma rejeição sempre revela total insegurança. A pessoa não tem a menor auto confiança. Não confia em seu poder de sedução, considerando-se inferior a outros.
Temos que levar em consideração que muitas vezes existe um interesse da outra parte, mas nossa indefinição atrapalha tudo. Nossa insegurança pode ser fatal.
Nessas questões de amor, os subterfúgios devem ser evitados. Se o interesse existe, ele deve ser demonstrado, sem medo de ser feliz. O máximo que pode acontecer, é haver uma recusa. E daí? Vamos em frente. Pelo menos a situação ficou definida, sendo dirimida aquela dúvida que angustiava a alma, que se sente livre para procurar outro alguem.
Muitas vezes acontece haver um interesse mútuo. Mas a indefinição de um lado, pode levar o outro lado a desistir de vez. A indecisão em demonstrar o interesse, acaba esfriando a relação que poderia ser bem quente...
Outro fator que revela o medo de amar, também representa a insegurança de quem não quer demonstrar suas emoções, pensando que, se o fizer, estará demonstrando uma certa fraqueza. Então, sufoca seus sentimentos.
Deseja fazer carinhos, deseja declarar o amor, mas não o faz, para manter uma capa de frieza, de superioridade. Considera a exposição de seus sentimentos como abrir brechas em sua armadura. Armadura que precisa manter inviolável. Afinal de contas, é uma pessoa que está acima dessas pequenas coisas, e que até considera "babaquice" dizer : EU TE AMO. Pensa que se ater a pequenos carinhos é uma espécie de perda de tempo, afinal de contas, existem tantas outras coisas mais importantes a fazer do que perder tempo com essas questões de somenos...
Tanto um quanto outro, sofrem muito, pois sufocar sentimentos nunca é muito benéfico para o espírito, já que faz muito mal para o interior.
O medo da recusa deixa as pessoas na eterna insegurança. Nunca saberá se poderá ou não ser feliz. É uma espécie de trauma que deve ser vencida. Tendo coragem de expor seus sentimentos, verá que as coisas podem ser bem melhores. Quando amar alguém, não tenha medo de dizer-lhe francamente, pois  talvez seja exatamente isso que esse alguém esteja esperando ouvir...
Agora, fechar-se como uma ostra, sufocando os reais sentimentos para vestir uma capa de dureza, nem Freud explica,  é mais complicado ainda. Sofre e produz sofrimentos. Muitas vezes chega mesmo a ser agressivo com alguém a quem muito ama.
Tudo isso por medo de amar, por medo de declarar esse amor. E é tão bom e gratificante amar e abrir o coração. Faz um bem imenso. A capacidade de amar atrai amores. Acreditem nisso, e aproveitem para ter UM LINDO DIA!!!!

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados