A VIDA COMO A QUEREMOS

 

 

A VIDA COMO A QUEREMOS
Marcial Salaverry

É a melhor coisa do mundo, conseguir viver a vida como a queremos, pois não há nada melhor do que conseguir viver de uma maneira amena, agradável, sem muitos problemas, sem dívidas, com a saúde perfeita, muitas e boas amizades,  e mais algumas coisinhas que não me ocorrem agora.  Só que nem sempre, e porque não dizer, dificilmente conseguimos chegar nesse estágio de beatitude total.  Shangri-lá fica longe demais, e sempre existe uma peninha, ou um monte delas para atrapalhar o contexto. 
Por causa de nossa maneira de encarar a vida, nunca estaremos totalmente satisfeitos com nossa situação atual, por melhor que ela esteja. E sempre estamos esperando uma ajuda de Alguém acima de nós, para que possamos ter a vida como a queremos.
Contudo, poderemos facilitar um pouco a tarefa do Amigão.  Basta um pouco de boa vontade de nossa parte, observando algumas atitudes que poderemos tomar, e que poderão aplainar nosso caminho.
Às vezes temos problemas de comunicação,   e então, nos queixamos por nos julgarmos mal compreendidos. 
Ocorre que precisamos saber falar com as pessoas, devemos saber expor claramente nossas idéias e ideais, procurando, se for o caso, amoldá-las à situação de momento, para que sejam exequíveis.  Se não conseguirmos nos comunicar com clareza, tudo ficará mais difícil. É importante expressarmo-nos claramente, usando adequadamente o dom da palavra.
Muitas vezes, a busca do sucesso na vida, nos impede de vive-la adequadamente, pois na ânsia de conseguir atingir determinado status, abrimos mão de alguns prazeres, apenas nos dedicando ao trabalho, à gana da busca do sucesso.
Sem dúvida é importante chegar-se ao tôpo, mas de uma maneira racional, sem que sejamos obrigados a nos privar de muitos prazeres, ou pior ainda, atropelando quem estiver à nossa frente, derrubando por vezes quem merece nossa consideração.
L’Inconnu brinda-nos com uma mensagem aplicada aos “trabalhólatras” de plantão:
"Status é comprar coisas que você não quer com o dinheiro que você não tem,  a fim de mostrar para gente de que você não gosta, uma pessoa que você não é."
Na realidade, é muito mais importante fazer as coisas que possam nos dar prazer, do que apenas as coisas que, apesar de melhorar nossa vida, poderão nos tirar o prazer de viver com prazer, pois, na realidade,  nada tem graça  se não for bom para o  corpo,  leve para o  espírito e agradável para nosso coração.
Não podemos ter muita pressa para conseguir as coisas, devemos tentar, mesmo sem esperar que o sucesso venha logo da primeira vez.  O que sempre deveremos manter é disposição para tentar novamente, e para tanto, deveremos cuidar da  saúde, para que não nos falte  energia para continuar tentando, com  paciência  e determinação. 
Devemos ter versatilidade para mudar nosso alvo se as coisas se complicarem, não desanimando com eventuais erros ou fracassos, que deverão ser aproveitados para aprender e não mais cometê-los novamente.  
Conservando sempre a idéia de que o simples fato de estarmos vivos já é uma vitória, devemos sempre ter como nossa meta, manter a vida,  procurando vive-la da melhor maneira possível, aproveitando a oportunidade que temos de ainda ter forças para tentar sempre algo a mais.
E isso só será conseguido, se, pelo menos em nosso interior conservarmos nossa alegria de viver.  Por pior que esteja a situação, por maiores que sejam nossos problemas, somente poderemos resolve-los se não deixarmos que se apague nossa luz interior.
Nunca deveremos nos iludir, pensando   que conseguiremos fazer tudo num dia só ou quando tivermos todos os recursos para tenta-lo. Devemos nos habituar a conseguir as coisas paulatinamente.  Cada dia tem apenas 24 horas.  Vivamos um dia de cada vez.
Para manter nossa motivação, devemos sempre ter algum sonho para realizar.  Algo em que pensar.   Uma meta para ser atingida. 
E para que não se perca a alegria de viver, vamos procurar fazer de todos nossos dias, sempre, UM LINDO DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados