VAMOS CONVERSAR SOBRE A VIDA

 

 
VAMOS CONVERSAR SOBRE A VIDA
Marcial Salaverry

Vamos conversar sobre a vida, pois, por vezes, em uma conversa sem compromisso, podemos tirar certas ilações sobre o que é a vida...
Em nosso íntimo, sempre algo tememos, medo de repetir dores passadas que sofremos, ou certos problemas que nos prejudicaram, e que podem nos ter levado ao desespero, como por exemplo pode ser uma daquelas perdas, tão  sentidas, algumas mágoas que não queremos ver repetidas...
São certos temores que nos assolam, e que atrapalham nossa paz. A paz que queremos ter, e como já nos cansamos de sofrer, e para evitar esses medos, não queremos entrar em certas aventuras, e deixamos de aproveitar devidamente a vida, quando na verdade a vida nos espera, e devemos vive-la com intensidade, para não lamentar depois o que deixarmos passar, apenas por medo de viver.
Na verdade, não podemos ter medo de morrer, porque é algo inevitável, sendo certo que um dia, faremos a última viagem, e, como qualquer viagem, não poderá inspirar medo. O medo de viver, de enfrentar a vida, não deixa que a vivamos  como deve ser realmente vivida, e afastando esse medo, e encarando a vida com alegria e decisão, apenas faremos bem a nosso coração, pois estaremos procurando fazer de nossos dias, uma perene fonte de alegrias, vivendo-a sem temores bobos..
Apenas devemos saber encarar o amor com seriedade, não procurando vive-lo em uma série de aventuras amorosas. São aventuras com futuro incerto, trazendo um problema quase certo, e assim, pensando seriamente no amor, vamos manter os pés no chão, e assim,
podemos tranquilizar o coração, esquecendo certas coisas que poderão acarretar sérios problemas para nosso bem viver...
Não mais entregar-se àquela louca aventura, que nos trará aquele medo do amor, e que poderá nos renovar a tortura, trazendo de volta aquela sensação que nos causou tanta dor.
E assim, com Fé, não esquecendo de que temos um caminho de luz para percorrer, vamos continuar por trilhas conhecidas, e que estão sendo em paz percorridas...
Assim, fatalmente afastaremos os medos, e poderemos chegar à tão almejada felicidade, apenas procurando viver a vida, cuidando da paz interior, e  permitindo que cada qual siga seu caminho em paz, ajudando quando solicitado, sem interferir na vida alheia, à revelia de quem quer que seja.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados