DIVERGÊNCIAS

 

Tem muita gente que diverge das divergências, ou seja, pensam serem os donos da verdade, e as coisas que decidem são aquelas e pronto. Quem não está de acordo é burro. É sua opinião que sempre deve prevalecer.

Não penso que deva ser assim, pois todos tem o direito de ter sua opinião, e externá-la.

Acho muito interessante quando existe divergência de opiniões, pois isso possibilita uma troca de idéias. Claro quando as duas partes se dispõem a um encontro pacífico de opiniões.

Quando existe mais do que um ponto de vista sobre determinado assunto, é porque há alguma controvérsia, a qual só poderá ser esclarecida com uma discussão amigável.

O que não deve haver nesses casos é a intransigência. Vejam o que diz a respeito nosso amigo D. Helder Câmara: Se você diverge de mim, não é meu inimigo, me completa.Claro que isso não quer dizer uma divergência total, completa e sistemática.

Creio que o que o garoto (a verdadeira idade é aquela do espírito) quis dizer, é que se você tiver alguma opinião diferente da minha, não deve calar-se, deve manifestá-la, pois é conhecendo opiniões divergentes, que poderei fazer uma análise, e assim, saber se realmente a minha opinião é coerente.

Portanto por mais amigos que sejamos de uma pessoa, sempre que não estivermos de acordo com seus atos, devemos, de uma maneira educada, procurar mostrar o erro em que ela está incorrendo.

Assim agindo, estaremos colaborando para a sua melhoria, pois sempre que surgem opiniões confrontantes, obriga-se a uma análise, a um melhor estudo.

Assim sendo, da mesma maneira que é sinal de boa amizade fazer uma crítica construtiva, também devemos saber receber uma crítica que nos é feita.

Nunca se deve ser totalmente refratário a uma opinião discordante. Aceitemo-la e analisemo-la para que possamos saber qual está mais correta, ou mesmo chegar a um consenso.

Essa maneira de pensar e agir, também é aplicável na vida conjugal. Muitas vezes um dos conjugues passa a vida inteira achando que o parceiro está errado em alguma coisa, mas se cala, apenas para não contrariá-lo. Assim agindo estará dificultando a vida conjugal, pois o outro lado nunca vai saber que não vem agradando com algumas de suas atitudes.

E um dia, os ressentimentos acumulados durante anos vem à tona, e as coisas se complicam. Esse é um dos motivos que levam muitos casais a se separar depois de muitos anos juntos. A causa? Simplesmente a falta da vontade, da coragem, para expor sua opinião, e as mágoas que ficaram depositadas. E um dia, o depósito encheu...

Bem... se alguém não estiver de acordo... favor se manifestar.

Tenho certeza de que com uma coisa todos estarão de acordo.

Temos necessidade sempre de ponderar antes de tomarmos certas decisões que poderão afetar nossas vidas, ou a de outras pessoas, de uma maneira irremediável.

Assim fazendo, estaremos colaborando para a conservação de boas amizades. E convenhamos que nunca é demais manter amigos conquistados, pois se os perdermos, talvez jamais possamos recuperá-los.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados