SEMPRE SERÁ DIA DOS PAIS

 

É... Dia dos Pais... E os outros 365 dias do ano?
Diálogo... Respeito... Amor... Carinho, de parte a parte...
Osculos e amplexos,
Marcial

SEMPRE É DIA DOS PAIS
Marcial Salaverry

Convencionou-se que o segundo domingo de Agosto passaria a ser o Dia dos Pais, quando os filhos vão abraçar seus pais, eventualmente dar-lhe presentes, faz-se um almoço especial e está pronto o Dia dos Pais, nesta comemoração especial.
Na realidade, o dia dos pais são os 365 dias e 6 horas do ano todo. O carinho entre pais e filhos deve ser sentido, e deve ser bem explícito durante todos esses dias.
É importante que pais e filhos sempre saibam dar-se as mãos, sempre saibam unir seus corações em gestos de amizade e carinho.  É importante que os pais saibam orientar seus filhos, com conselhos e orientação baseados em sua experiência, como também é importante que saibam ouvir seus filhos.
Que saibam participar ativamente de sua vida, sem marcar uma interferência muita pesada.
Participar é uma coisa, interferir é outra.
Orientar é uma coisa, traçar destinos é outra.
Os jovens devem ter oportunidade para tomar suas decisões, devem saber ponderar sobre seu futuro. Devem saber errar e acertar por contra própria. Mas devem, principalmente, saber ouvir os aconselhamentos paternos, seguindo-os quando os aceitarem, questionando-os e pedindo melhores explicações quando dúvidas houverem.
Esse o real segredo do relacionamento entre Pais e Filhos, que deve ser feito à base de muito diálogo.  Ambas as partes devem saber ouvir e ser ouvidas.
Mas, claro, não apenas no Dia dos Pais, mas em todos os dias de pais e filhos do ano.
É importante um clima de harmonia e respeito. Que filhos saibam respeitar a hierarquia paterna, e que os pais saibam respeitar a personalidade dos filhos, que os direitos e o espaço sejam mutuamente respeitados. Nem os pais devem ser tiranos com poderes totais, nem os filhos devem ser “rebeldes sem causa”. Direitos e deveres devem ser acertados e mantidos.
E, principalmente, que pais e filhos saibam caminhar de mãos dadas pela vida, numa saudável mescla de experiência e energia. E que os filhos saibam aceitar o envelhecimento dos pais, amparando-os nas necessidades que a idade traz, da mesma forma que sua infância foi respeitada, quando foram amparados porque não podiam viver por sua conta e risco.
E que os 365 dias do ano, sejam sempre LINDOS DIAS...
 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados