NEM TUDO É SÓ UMA QUESTÃO DE FÉ

 

Encontrei como que por acaso, esta bela citação atribuída a São Cipriano:
Deus não escuta a voz, mas o coração.
Essa citação é como que um chamado à razão para muita gente que se limita a fazer orações para que seus problemas sejam resolvidos, deixando de fazer sua parte, e, ao ver que suas preces não são atendidas, reclamam que "Deus não é bom". Mas limitou-se a orar, deixando de ir à luta, esquecendo-se certamente de que o Amigão mandou-nos um sábio recado quando, através da Bíblia, disse-nos: “Faça por donde que Eu te ajudarei”.
Fica claro então que é imprescindível fazer nossa parte, se quisermos obter algo nesta vida.
Há que se notar, portanto, não é suficiente fazer milhares de orações com pedidos e mais pedidos para nosso querido Amigão, se não conseguirmos "falar" com o coração, com nossos atos. 
Assim, quando os problemas aparecerem, temos que fazer nossa parte para solucioná-los.  Os atos, afinal, indicam nossa vontade para encontrar solução para nossas dificuldades. Se não buscarmos uma solução, não a teremos de graça. Milagres só acontecem quando Ele julga necessária sua intervenção, e merecemos que tal ocorra.
L’Inconnu nos disse:
"Se procuras uma mão disposta a te ajudar, tu a encontrarás no final do teu braço."
Sem dúvida, um pensamento muito profundo, e que mostra claramente que a melhor ajuda que poderemos receber, está em nosso interior. É nossa vontade. É nosso desejo de progredir na vida, de conseguir as coisas que almejamos.
Precisamos sempre aprender a viver, medir nossos atos, para não prejudicar ninguém com nossas atitudes. Assim, quando nos dizemos amigo de alguém, ou quando declaramos amar uma pessoa, devemos usar de sinceridade. Não adianta chamar alguém de amigo, se por dentro o desprezarmos.  Temos que sentir a sinceridade do sentimento, pois tanto  o amor, como  a amizade, são sentimentos que não devem ser apenas falados, ou declarados, devem ser sentidos realmente. 
Se irrefletidamente iludimos alguém com falsas demonstrações do que sentimos, fatalmente estaremos causando algum sofrimento, e isso devemos evitar. Nada ganharemos fazendo deliberadamente alguém sofrer. Pode ocorrer de sermos amados e não podermos corresponder, e nesse caso, deveremos usar de sinceridade, jamais a iludindo com falsas promessas de um amor que não sentimos.
Muitas vezes é melhor uma amizade sincera do que um falso amor. Mesmo porque uma amizade poderá se transformar em amor. 
Assim se consegue a felicidade... Assim se consegue espalhar a felicidade, o bem estar.
Vamos procurar espalhar amizade? E que tal começar com UM LINDO DIA...

Texto escrito em 10/10/2004

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados