PELO DIA DO ESCRITOR

 

PELO DIA DO ESCRITOR
 Marcial Salaverry 
 
Como é Dia do Escritor, desejo aqui prestar uma homenagem a todos os escritores, poetas, jornalistas, e quem mais trabalhar com as letras (que não as promissórias...), e por tabela, uma auto homenagem, mesmo que não seja uma alta homenagem.
 E uma das melhores coisas que vem acontecendo recentemente, com o advento da Internet é a incrível explosão de escritores descobrindo seu talento.  São tantas e tantos que surgem, com os mais diversos estilos, que fica impossível conhecer a todos.
 São pessoas que de repente descobriram que podem "mexer"  com as emoções, com as fantasias, e vemos lindos escritos, sejam poesias, cronicas ou contos, que com seu talento, em alguns casos, conseguem deixar a ficção próxima da realidade, e vice-versa.
 Um dos grandes benefícios dessa "explosão talental", é que começa a despertar o gosto pela leitura em muitas pessoas que antes se limitavam a folhear jornais. E agora têm a oportunidade de, não só conhecer novos e brilhantes talentos, como também travam conhecimento com grandes nomes, que só mereciam uma tênue lembrança vinda dos bancos escolares, quando éramos obrigados a ler Bilac, Pessoa, Camões, e tantos outros, cujos textos são frequentemente transcritos, para deleite dos apreciadores da boa leitura.
 A leitura desses textos nos leva a devaneios, nos faz sentir emoções que estavam guardadas, faz nossa imaginação trabalhar, e penso que a esses artistas, se aplica um pensamento de Albert Einstein, que me foi enviado por uma amiga que, aliás, pertence a essa plêiade de artistas talentosos que temos atualmente, vejam se não estou certo:
"A mais bela e profunda emoção que se pode experimentar é a sensação do místico...Aquele a quem seja estranha tal sensação, aquele que não possa devanear e ser empolgado por esse encantamento não passa, em verdade, de um morto" 
Esses artistas, poetas e escritores, na verdade, são místicos, pois lidam com o emocional das pessoas e, como frizou nosso amiguinho Einstein, uma pessoa que não consiga se empolgar com nenhuma obra literária, certamente deve estar morto, se não fisicamente, pelo menos espiritualmente.  Admito que alguém não goste de poesias ou poemas, os ache piegas e irreais.  Admito que, pelo contrário, alguém não aprecie contos, reais ou ficcionais, por achá-los inconsistentes.  É uma questão de opinião, de gosto pessoal.
 Mas conseguir não gostar de ler nada, além do obituário dos jornais, fica um pouco difícil de aceitar. No fundo, todos tem um gosto literário, o que lhes falta é oportunidade de descobrir, além da preguiça mental para ler.
 Reconheço que para pegar um livro e dispor-se a lê-lo, há que se ter uma predisposição para a leitura e esse é um hábito não muito difundido em nosso País, infelizmente. 
 Falta estímulo para nossos jovens começarem a ler.  Em sua grande maioria, tem preguiça mental, acham que pegar um livro é perda de tempo. E é exatamente aí que entra a Internet.
 Existem sites voltados para a literatura, e existem para todos os gostos. Em alguns, encontramos lindos textos de autores famosos, obras já conhecidas por muitos, que nunca se incomodam de os reler.  Realmente, são autores cuja leitura e releitura  vale a pena.
 Existem sites que se preocupam mais em "pescar" e lançar novos talentos.  E por vezes, ficamos realmente surpreendidos com a qualidade de autores novos, que só estavam esperando uma oportunidade para aparecer.
 Enfim, é só navegar e se deleitar. Tem para todos os gostos.
Vamos à leitura.  Vamos prestigiar os escritores que queimam suas pestanas sempre procurando colocar algo para nosso entretenimento. 
 Fica aqui minha homenagem e minha gratidão a essa constelação de astros e estrelas, que são responsáveis por inesquecíveis momentos de deleite a todos aqueles que tem o bom  gosto de apreciar as coisas belas da vida.
 A TODOS, ARTISTAS E APRECIADORES, DESEJO UM LINDO E FELIZ DIA.

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados