FATOS QUE CAUSAM DECEPÇÃO NA VIDA

 

Sempre estaremos sujeitos a acontecimentos que poderão
nos causar decepção, tristeza e revolta...
O que fazer para superar esses momentos de crise?
Tais fatos podem ser apenas coisas da vida, ou não...
Osculos e amplexos,
Marcial

FATOS QUE CAUSAM DECEPÇÃO NA VIDA
Marcial Salaverry

Por vezes apenas consideramos como "coisas da vida", mas a verdade é que, com toda a certeza, muitas vezes em nossa vida sofremos grandes decepções, que podem ou não abalar nossas estruturas, sendo que algumas podem ter sido provocadas por sonhos não concretizados, que é algo que sempre deixa uma certa frustração em nosso íntimo, uma vez que aquele sonho tão acalentado, que tanto pode ser uma promoção no emprego que não saiu, como aquela viagem que apenas ficou nos projetos, ou mesmo aquele encontro que gorou, coisas que, se irrealizadas,  sempre irão causar algum abalo, algo que certamente nos deixará "balançados".

A vida nos mostra que existem outras decepções, provocadas por pessoas em quem confiávamos e que por um motivo ou outro falham conosco, e tomam atitudes que provocam revolta em nosso íntimo, sendo algo que podemos considerar uma traição, mas não devemos apressar nosso julgamento, pois tudo na vida tem duas faces...

Os motivos são vários.  Pode ser aquele irmão que recusou uma ajuda pedida, pode ser uma traição conjugal, pode ser aquele amigo que falhou, pode ser aquela pessoa que nos quer prejudicar, pode até mesmo ser aquele chefe que nos recusou aquela promoção, ou pior ainda, aquele colega que quer "puxar nosso tapete", para ficar com nossa vaga, e evidentemente, qualquer um desses motivos nos leva a pensar em revide, em responder violência com violência. Só que não é por aí, essa não será a resposta certa.  A ponderação sempre é a melhor arma para mostrar que não estamos mortos, e que o ocorrido não nos derrubou.

A propósito, recebi de uma amiga um pensamento de autoria de L'Inconnu, que calha bem a propósito:
"Esperamos demais para dizer as palavras de perdão que devem ser ditas, para pôr de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, para oferecer consolo."

Sem duvida, é uma grande verdade.  L'Inconnu merece aplausos...
Guardar mágoa ou deixar-se dominar pelo rancor, é o pior que se pode fazer, pois só faz mal para o espírito, e impede que se aproveite a vida em sua plenitude, por causa do desejo de arquitetar planos de vingança, que nunca levam a nada. A não ser ao prazer mesquinho da haver prejudicado alguém.
Sequer se pode reivindicar a "glória" pela façanha praticada, pois ninguém em sã consciência, poderá aplaudir atitudes como essa, salvo se for alguem de mau caráter.

A melhor atitude é esquecer o que houve, e continuar vivendo. Com certeza, mágoas sempre provocam um arrefecimento na amizade.  Ninguém é tão santo a ponto de esquecer completamente o que houve, algo que, convenhamos é muito difícil mesmo. Sempre ficará aquele ressentimento em nosso interior, e o que se deve fazer é "desconectar" essa pessoa de nossos sentimentos.

Guardar mágoas ou rancores, é algo que só faz mal ao espírito, ao nosso "eu" interior, que é com quem devemos sempre viver bem, e assim sendo, sempre devemos estar prontos a dar uma palavra de consolo, a dedicar algum carinho até mesmo a quem nos magoou, se porventura soubermos que essa pessoa está com problemas.   Por que nos regozijarmos com problemas alheios?

Outro dia, uma pessoa disse estar feliz pelo fato de saber que seu irmão, que o havia prejudicado na partilha da herança paterna, estava com câncer, pois assim, teria de gastar no tratamento o dinheiro que lhe roubara.  Sinceramente fiquei com pena dessa pessoa, pois alegrar-se com a desgraça alheia, é um sentimento muito mesquinho.

Penso que a melhor maneira de viver, é seguir outro sábio conselho do mesmo autor daquele citado acima:
"A vida é curta demais e boa demais pra você perder tempo, tentando causar mal a alguem..."

Na verdade, devemos nos preocupar em viver nossa vida, aproveitando da melhor maneira possível o tempo que temos para isso.  Se pudermos ajudar alguém, será algo maravilhoso com certeza, mas se nada pudermos fazer para ajudar, procuremos indicar alguém que possa.  Se nada pudermos fazer com esse intuito, paciência, pelo menos procuramos mostrar boa vontade. Qualquer coisa, menos tentar prejudicar alguém... É algo muito mesquinho.

E com essa idéia, vamos sempre procurar ter UM LINDO DIA, esperando que todos, sejam nossos amigos ou não, que o tenham também...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados