BEM USAR O DISCERNIMENTO É ALGO VITAL

 

Discernimento... como é importante saber usá-lo...
Quantos problemas podem ser evitados...
Osculos e amplexos
Marcial

BEM USAR O DISCERNIMENTO É ALGO VITAL
Marcial Salaverry
Algo que precisamos bem cultivar, e claro, saber usar.  O discernimento.  É importante saber pesar os prós e os contras, para sempre poder analisar e ver qual será a melhor atitude a ser tomada.

Quantas vezes, por agirmos precipitadamente muita coisa teremos a lamentar no futuro.  Discernimento, ponderação. Enfim, vamos parar para pensar antes de tomar certas decisões importantes.

Bem a propósito, recebi um pensamento de Brahma Kumaris, que fala algo de muito elucidativo sobre o assunto... Vejam:
"Discernimento é o poder que ajuda a distinguir a verdade aparente da verdade real. O valor temporário do valor eterno.  O superficial do sutil.  Ele nos capacita a reconhecer armadilhas de ilusões, por mais docemente decoradas e sedutoras que sejam. Com ele, conseguimos ver através dos disfarces e agir com segurança e sabedoria.  Discernimento é a bússola interna que aponta sempre para o rumo correto."

Muitas vezes nos vemos diante certas situações aparentemente vantajosas, mas que escondem alguns problemas dentro do pacote. Se resolvermos açodadamente, poderemos nos arrepender depois, lamentando a falta de uma melhor análise.

Por exemplo, quando vamos escolher uma carreira a seguir.  Muitas vezes optamos por seguir uma carreira que não é exatamente nossa vocação, apenas por um impulso de momento, ou por influência dos pais.  Como resultado vemos maus engenheiros que poderiam ser bons músicos.  Não usaram o discernimento ao escolher a carreira.  Não souberam distinguir a verdade aparente da verdade real.  Afinal, é o futuro que está em jogo.  Não é apenas um momento.  Há que se ponderar para escolher um caminho que una o útil ao agradável, ou seja, a real vocação com o êxito profissional.

Por vezes mudamos de emprego, iludidos por uma aparente melhoria, mas que no final das contas vai nos causar grandes aborrecimentos, porque deixamos um emprego de boa estabilidade, por um de ganhos imediatos superiores, mas sem a mesma tranquilidade. Não soubemos distinguir o valor temporário do eterno.  Há que saber analisar situações, e ponderar muito bem antes de trocar o chamado “certo pelo duvidoso”, por mais atraente que nos pareça o duvidoso.

O mesmo se aplica no campo amoroso.  Quantos relacionamentos estáveis são desmanchados porque uma das partes não soube resistir às ilusões de uma aventura fantasticamente atraente.

Se usarmos o discernimento, poderemos detectar os perigos que se escondem atrás de armadilhas docemente sedutoras, e saber seguir a bússola que aponta o caminho certo.  Afinal, temos que ver se realmente vale a pena deixar um caminho longamente percorrido por mais excitante que pareça ser a nova vida que se apresenta diante de nós.

Concordando com a exatidão do pensamento de nosso amigo Brahma, só nos resta concluir que  é sumamente importante saber usar, e muito bem usado esse tal de discernimento, que poderá nos evitar imensas dores de cabeça no futuro.

Durante toda nossa vida iremos encontrar encruzilhadas, e deveremos saber encontrar o caminho mais adequado para nós, e para escolhe-lo com exatidão, nada melhor do que saber a hora de avançar ou de recuar.  Muitas vezes, recuar, não é sinal de covardia, mas sim de  bom senso.  Saber, enfim, usar o discernimento.  É bem desagradável chegar à conclusão de que fizemos uma grande besteira por não termos sabido analisar corretamente a situação, por não termos pensado com exatidão e discernimento.

E agora, com todo discernimento, desejo que todos tenhamos UM LINDO DIA, e se bem usarmos o tal do discernimento, poderemos repeti-lo ad perpetuam...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados