A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

 

Por vezes precisamos falar de coisas tristes também...
Isto aqui é lamentável, mas é corriqueiro...
A exploração do trabalho infantil é algo que
lamentavelmente existe, mostrando que
"o longo braço da Lei", pode ser incrivelmente curto em certos casos...
Osculos e amplexos,
Marcial
TEXTO ESCRITO EM 14/05/2005, e lamentavelmente atual, ainda... ATÉ QUANDO?

A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL
Marcial Salaverry
 
É uma verdade muito triste, mas verdadeira, pois o fato é que muito se fala sobre os abusos que são cometidos no que diz respeito ao trabalho infantil em nosso País. Contudo, fala-se muito, e faz-se muito pouco no sentido de coibir tais abusos, o que poderia fazer com que a lei seja cumprida sem restrições, ou seja, o trabalho infantil é proibido, e os infratores devem sofrer as penas da Lei. Mas a Lei, na verdade, é lei, pois as transgressões são cometidas às escancaras, e os infratores confiam plenamente na sua impunibilidade.

A imprensa falada e escrita mostra à exaustão crianças a partir de 3 anos, sendo obrigadas a trabalhar, executando funções que seriam perigosas até para adultos. Parece absurdo, mas é a realidade, pois a TV mostrou-nos crianças nessa faixa etária, quebrando caroços de babaçu, ou descascando mandioca, trabalho executado com facas enormes. Assistir a isso, mesmo pela TV, provocou arrepios, principalmente quando um dos garotos colocou a ponta do facão dentro da boca...(Esse programa foi passado em 05/2005, mas com certeza isso ainda acontece...)

Isso foi mostrado na TV. Quer dizer que os responsáveis não estavam se importando com a gravidade do fato. Sabem que nada se pode fazer, pois os que deveriam ser os executores da Lei, omitem-se. Claro, isso pouco lhes poderá render em forma de votos. Pelo contrário, pois os pais desses menores são coniventes, e são eles os eleitores, e não as crianças.(A desculpa sempre foi, e ainda é "a crise financeira do País...)

Essa vergonha precisa ter um basta. É preciso que a Sociedade, que as Organizações de Amparo ao Menor se mexam, que o povo pare de ver apenas o próprio umbigo, e que pelo menos esse Legislativo de fancaria faça alguma coisa para colocar um ponto final em tais abusos.

Claro que é utopia pensar-se nisso, pois tais fatos se passam no interior, no sertão, longe de nossas vistas, pouco nos afetando.
Mas, vamos olhar para nossas cidades. Vamos olhar para os abusos cometidos contra crianças que são obrigadas por adultos, por seus pais, ou por seja lá quem for, a esmolar, a roubar, a se prostituir nas ruas de qualquer cidade grande de nosso País, e que terminam por se viciar em drogas. Fatos que dispensam comentários, pois vemos isso diariamente. (Algo que acontecisa, e continua acontecendo, e talvez com mais força atualmente...)

E aí, como ficamos? Simplesmente assistindo a tudo isso?  A exploração do trabalho infantil é algo muito sério e que precisa ser fiscalizado para ser executado apenas na idade e em condições que não provoquem tantos danos.

Será que essas pessoas que abusam e exploram essas crianças, tem direito a UM LINDO DIA?

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados