UM ATÉ BREVE ATÉ O ANO QUE VEM

 

Considerando que  o próximo Bom Dia apenas poderá
ser enviado no ano que vem, quero aqui desejar
a todos um bom restinho de ano, e dias plenos de
LUZ, PAZ, AMIZADE E AMOR.
Ósculos e amplexos,
Marcial
UM ATÉ BREVE ATÉ O ANO QUE VEM                             
Marcial Salaverry
 
Bem, o ano 2016 já está em seus últimos estertores, está agonizando, e já vai tarde, dirão alguns, que pena que está acabando, dirão outros.  De minha parte, só posso dizer que neste ano 2016 tive um pouco de tudo, dependendo do enfoque dado ao que aconteceu... E vale a pena apenas pensar no que de bom aconteceu...

Desde 2001 quando comecei a brincar com o teclado, descobri que poderia escrever alguma coisinha, e começaram a sair alguns textos na brincadeira, e acabei descobrindo que poderia começar algo de novo. Escrever, e sem dúvida alguma, iniciar uma carreira aos 62 anos, não deixa de ser interessante.  É sinal de que nunca é tarde para iniciar alguma coisa na vida.  Basta ter vontade e, claro, algum talento.  Até poeta acabei virando,  e saibam que nunca gostei de poesias.  E isso acabou acontecendo apenas por causa de desafios que me foram feitos.  E dois tipos de desafios.  Alguns por amigas que acreditaram que eu poderia, e me estimularam, e outros por pessoas que acharam que eu não seria capaz, e assim, me estimularam a provar que não se deve duvidar de ninguém.

Entre outras coisas, só posso agradecer ao Amigão, a manutenção de diversas amizades antigas e, principalmente, a entrada de tanta gente bacana e simpática no meu rol de amizades, eis que sinceramente eu nunca esperava que poderia ir tão longe com este tecladinho tão pequenininho.  Só posso agradecer mais uma vez ao Amigão fazer com que tantas e tão selecionadas personalidades me incluam em seu rol de amizades, e assim, devo concluir que tenho alguma coisa de bom no meu interior (bem lá no fundo, diriam alguns),  para conseguir essa alegria. 

Aos meus velhos amigos, muito obrigado por continuarem me aturando.  Se ainda permanecem fiéis, é porque estão apreciando a companhia, ou então são masoquistas, já aos meus novos velhos amigos (ou velhos novos ?), ainda mais meu muito obrigado, por confiarem na sinceridade de minha amizade, mesmo sem me conhecerem (ou talvez por isso).  Se bem que o conhecimento físico é muito relativo, pois emaillatoriamente conversamos com muito mais isenção e liberdade do que pessoalmente, pois, no "tete-a-tete", há sempre o problema da atração (ou rejeição) física, além do que, certas coisas sempre constrangem quando estamos frente a frente, e nunca há mesma liberdade.
Então quero dedicar a todos algo minha alma quer dizer:

"ÀS MINHAS QUERIDAS AMIZADES
 
O ano está para terminar...
Não o sentimos passar...
Agora... é Natal... vamos comemorar...
Vamos o aniversário do Mestre festejar.
E nosso querido Amigão saudar.
Que tal pensamentos de Paz?
Penso que todo o mundo é capaz.
Prá que maldade?
Só traz infelicidade...
Vamos nossos amigos abraçar...
E a quem não o for, também...
Nada custa querermos bem
E a todos, felicidades desejar.
Ano Novo, Vida Nova...
Promessa que sempre se renova...,
mas nem sempre se prova...
Por todo canto vejo mensagens belas,
Falando de Paz e Amor...
Coisa linda... seja como for...
Para o ano que vai se iniciar então,
Com amor no coração...
Quero a todos desejar essa paz... esse amor
Que seja feliz, seja você quem for...
Amigo, parente, conhecido, goste de mim ou não,
Receba meu abraço, pois é de coração...
Não é apenas decoração...
É dado com verdadeira emoção...
Pois é uma ordem do meu querido Amigão."
 
Neste que é o meu último BOM DIA CRIANÇAS deste ano, quero deixar consignado meu agradecimento a todos os que, através de suas mensagens, seus e-mails, ou simplesmente   lendo o que escrevi, manifestaram seu apoio, encorajando-me a continuar em frente, na realização deste sonho tardio, que apenas vem provar que enquanto há vida, sempre existe a possibilidade de se fazer alguma coisa diferente. 
Basta que se queira viver.
Tive momentos realmente maravilhosos neste ano, e muitos problemas também.  Mas no balanço final estes últimos ficaram para trás...  Esqueci-os todos, bem como quem os causou.
Sempre procuro apenas lembrar das coisas boas. E foram tantas emoções...
Um grande beijo no coração de todos vocês, e até o ano que vem, esperando que em 2017 possamos fazer de cada um dos 365 dias que estão por vir, sempre UM LINDO DIA, a cada dia que surgir...
 
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados