PARA QUE O AMOR SOBREVIVA

 

PARA QUE O AMOR SOBREVIVA
Marcial Salaverry
 
Para que o amor sobreviva,  é preciso entender que respeito, ternura, sinceridade são a base para o que amor viva, sobreviva e se eternize ternamente, e para que assim aconteça, é preciso que se diga, com toda a sinceridade: "Eu te amo para sempre, e igualmente espero ser assim amado. Ame-me, amo-te, amemo-nos, enquanto a vida durar. Mas, se um dia uma tempestade final nos separar, poderemos dizer que valeu pelo tempo que juntos vivemos, e pelo tanto que nos amamos, com este amor feito realmente de AMOR."

Esta é a real base para que um amor se eternize. Carinho, confiança, respeito, reciprocidade, constituem a proteção perfeita para todas as tempestades que surgirem pela frente, e assim, mesmo que desabe a maior tempestade, o amor poderá sobreviver, e para que assim seja, é preciso que o amor seja eterno, enquanto é terno, enquanto existir respeito, carinho, consideração, amizade entre os parceiros...

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados