PESSIMISMO E OTIMISMO

 

A respeito deste tema, li um pensamento muito interessante: "O pessimista vê a dificuldade em cada oportunidade; o otimista, a oportunidade em cada dificuldade." O autor deste pensamento, é Albert Flanders.

Exatamente o que vem a ser "pessimismo"? É uma atitude negativa com relação à vida. Pessimista é uma pessoa que nunca enxerga possibilidade de êxito em nada que ele mesmo, ou quem quer que seja quer fazer. Se for algo envolvendo perspectivas futuras então, é um autentico "Deus nos acuda". Falta-lhe coragem para qualquer ato mais definitivo.

Realmente, existem pessoas que não tem coragem de tomar determinada atitude, principalmente se for para provocar alguma mudança em sua vida. Vacilam, achando que não vai dar certo. Na verdade, eles tem é medo de enfrentar a vida.

Submetem-se a situações, por vezes vexatórias, por lhes faltar coragem para uma atitude mais radical.

Nesses casos, por exemplo, colocam-se certas mulheres que sofrem maus tratos nas mãos de seus companheiros, sem ter coragem de denunciá-los, sob o famoso argumento: ruim com ele, pior sem ele. Não posso concordar com isso, pois se é ruim com ele, sempre será melhor sem ele. E isso é uma atitude pessimista, pois denota falta de decisão para encarar uma mudança na vida.

Este é um assunto muito complexo, que requer uma análise muito acurada, mas, convenhamos que, se a situação não está boa, é necessário uma mudança, que às vezes não é tomada por fala de coragem mesmo.

Por outro lado, os otimistas encaram as dificuldades que surgem em seu caminho, como verdadeiros testes para apurar suas qualidades. Não fogem dos problemas, principalmente se estão procurando seus ideais. São eles (ou elas) que modificam o mundo.

Toda essa evolução da ciência e da tecnologia se deve a quem não fugiu da luta.

Se surgem oportunidades para mudanças, encaram os desafios e, num caso como o citado acima, são mulheres que vão à luta, denunciam os maus tratos e com a continuidade da situação, preferem a separação do que agüentar situações perigosas.

Enfim, crianças, não se esqueçam de que é melhor arrepender-se por haver tentado algo, do que arrepender-se por nunca ter tentado.

Quantas vezes surgem oportunidades em nossa vida, que deixamos passar por achar que não dará certo, o que é sempre uma idéia negativa.

Claro que não podemos, a qualquer mudança sugerida, ou possível, embarcarmos às cegas em aventuras. Quaisquer mudanças, principalmente as mais radicais, devem ser estudadas e analisadas.

Mas não podem ser deixadas em segundo plano, apenas porque a situação que estamos vivendo está muito cômoda. O comodismo, por vezes, é perigo maior do uma tentativa de melhoria.

Nem o pessimismo, nem o otimismo exagerado são bons conselheiros. São os dois extremos. O ideal é o meio termo, ou seja, um otimismo ponderado.

Assim poderemos testar as oportunidades que nos aparecerem, de uma maneira mais segura e efetiva.

Pensamento positivo é o tema... mas racionalizado. Temos que raciocinar e ponderar, para então ir em frente, positivamente.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados