PARA CONHECER A ALMA DA CIGANA

 

PARA CONHECER A ALMA DA CIGANA
Marcial Salaverry

Para poder tentar conhecer a alma de uma cigana, é preciso entender que a alma cigana, é uma alma que exige liberdade para voar, para viver tudo aquilo a que tem direito, e não aceita e nem admite grilhões, salvo os do amor sincero e apaixonado. 
Sua alma, plena de sensualidade, sempre está plena de amor, de amor à vida, de amor ao amor de sua vida, sendo dedicada ao seu amor cigano que a soube conquistar. Oferece e exige reciprocidade, fidelidade, respeito...
Adora dançar em volta da fogueira, e no acampamento cigano, com fitas, flores e cores, seu corpo adorna, numa sequencia dourada e escarlate, representando o amor... Com suas evoluções, a saia rodada, numa dança que a todos entontece, suas longas madeixas, caindo pelos ombros, douradas como o mel, são suaves e macias, e deixam seu perfume no ar, e depois, no leito de amor... Seu corpo dourado, escultural, seduz e induz ao amor, afinal...
A fogueira ativa e aquece os corpos querendo amar, e ao som da zíngara cigana, os parceiros incorporam-se e dançam...
Embriagado pelo rodopio sensual, a sedução se completa com o gingar dos quadris ondeantes...
As pulseiras e colares que o corpo adornam, brilham à luz da fogueira que vai incendiando os sentidos...E segue a dança com a sensualidade da música zíngara... Por vezes os corpos se encontram, até a musica parar, e o que destino tramou acontecer...
A alma cigana sabe que o Destino sempre coloca os parceiros frente a frente...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados