CAMINHAR DE MÃOS DADAS

 

 
 
CAMINHAR DE MÃOS DADAS
Marcial Salaverry
 
Acredito que não existe nada mais sincero que "caminhar de mãos dadas", seja no sentido lato da palavra, ou seja, você caminhar com seu parceiro (a) de mãos dadas, quer seja pela rua, ou pela vida...Nada mais lindo...Ou, no sentido figurado, quer dizer, você estar sempre pronto para "caminhar de mãos dadas" com uma pessoa amiga, ajudando-a no mais amplo sentido da palavra (uma ajuda moral, ouvindo um desabafo que seja...) ou socorrendo numa necessidade. 
Enfim, existe algo mais lindo do que um casal de idosos que, após caminhar pela vida inteira lado a lado, de mãos dadas, ainda continua a fazê-lo, num bucólico passeio em uma praça, ou uma praia? 
É importante aprendermos o valor que representa o calor das "mãos dadas". 
Existe algo mais bacana do que você simplesmente ouvir o desabafo de uma pessoa amiga?  Se tiver algo a dizer para ajudar ou consolar, faça-o, se nada puder fazer, só o ato de ouvir, já valeu a pena...
E que dizer, então, do milagre da Internet, que nos possibilita reatar laços perdidos no tempo, possibilitando uma comunicação com pessoas que já julgávamos irremediàvelmente afastadas...
Essa é a real beleza e o real sentido do "caminhar de mãos dadas", e podemos faze-lo materialmente ao lado de alguem cuja companhia nos é agradável, como espiritualmente, com as almas fazendo essa caminhada de mãos dadas em etérea ligação.
 

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados