PAZ SIM, GUERRA NÃO

 

PAZ SIM, GUERRA NÃO
Marcial Salaverry
 
Para certas mentes dementes, qualquer motivo é razão para iniciar uma guerra, uma revolução, uma depredação...
Alguns, para justificar sua sanha guerreira, dizem que vão à guerra, em nome de Deus, o que é o absurdo dos absurdos...
Em nome de uma crença, em nome de Deus, guerrear? Colocar bombas? Praticar todo tipo de atentados? Suicidar-se, desde que levando muitos com ele? Isso, jamais poderá ser chamado de ato religioso,  é apenas assassinato covardemente cometido, não dando nenhuma chance de defesa...
É coisa de mentes doentias, que querem com o mundo acabar, e usam o Santo Nome para hipócritamente justificar...
Deus é Paz, é Amor, é Perdão, é Vida simplesmente, e uma vida vivida generosa e pacificamente...
Guerras provocam apenas destruição, e Deus é apenas Criação...
Mas, desde que o mundo é mundo, sempre houve esse pensamento insano , covarde e imundo, de certas figuras desejarem a sua dominação, mesmo que seja à custa de seu fim, mesmo que seja acabando com a Criação...
São simplesmente coisas do ser humano, que jamais consegue ser humano, e só sabem ter pensamentos desumanos...
A mesma coisa pode se dizer daquelas criaturas que se comprazem em destruir bens publicos ou particulares, apenas pelo gosto de destruir, de quebrar, o que somente pode se atribuir a mentes dementes e perturbadas, pois em sã consciencia, não existe nada que justifique tal insanidade.
Quando tais coisas terão fim?  

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados