A TÃO DESEJADA FELICIDADE

 



Com a ajuda de um grande filósofo francês,
vamos tentar entender a tal da felicidade...
Este filósofo francês, não é o já famoso L'Inconnu...
É Bertrand Russel, igualmente famoso...

A TÃO DESEJADA FELICIDADE
Marcial Salaverry
Certamente a coisa mais desejada por todo e qualquer ser vivente, é a tal da felicidade, e para começar a entender o que pode ser a felicidade, vamos nos socorrer do que um garoto chamado Bertrand Russel disse a respeito desse tema, quando afirmou que "não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade". E isso realmente faz todo o sentido, pois sem dúvida alguma, o que determina os grandes objetivos de nossa vida, é sempre estar atrás de alguma coisa que ainda não conseguimos, mas que uma vez atingido esse objetivo, nos sentiremos felizes...

Assim, no momento em que olharmos à nossa volta e chegarmos à conclusão de que TODAS nossas metas foram atingidas, é porque não desejamos mais viver, pois não teremos mais objetivos na vida, e justamente o que nos impele à luta é a tentativa de conseguir aquele "algo a mais" que está faltando.

Pode ser que seja um curso que nos abrirá novos horizontes, ou então aquela viagem que tanto desejamos fazer (por exemplo, ir ao Congo, e ver se eles comem baratas mesmo), seja "aquele amor que queremos", enfim, SEMPRE temos de ter algum desejo ainda insatisfeito. Claro que, ao conseguirmos realizá-lo, já temos de ter outro de reserva para transformá-lo "na nossa grande meta", pois o que não podemos fazer, será estagnar, parar de procurar algum objetivo, esquecer um eventual sonho secreto...

O que não pode acontecer, é olhar em volta e dizer "Pronto cheguei lá, portanto nada mais tenho a fazer no mundo".
O certo será: "Pronto, consegui este objetivo, e agora vamos ao próximo". Aí sim, estaremos justificando nossa permanência neste planetinha tão pequeno... Sim, podemos dizer que é pequeno, quando vemos que tem um monte de doidos querendo chegar até os outros planetas, e esse é  o pequeno objetivo da vida deles, e podemos ainda pensar que quando conseguirem visitar todos, certamente vão se perguntar   "como poderemos visitar o Sol ?".

Assim se vive.  Sempre deveremos ter uma meta para atingir, caso contrário, será o FIM.

E um dos objetivos dos mais válidos, será conseguir fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA...

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados