PROBLEMAS E CONTRATEMPOS

 

Quando alguém perde um ente querido, muitas vezes se deixa levar pelo desespero, lamentando o destino ingrato que levou a pessoa que mais amava.É exatamente numa hora dessas que se deve "acender uma luz". Deve-secontinuar vivendo, principalmente em homenagem a quem se foi, que certamente, do outro lado, não gostará de ver as pessoas que sempre amou entregues aodesespero.

A reação positiva é necessária, pois a vida continua, por mais triste que se esteja, o que não se pode fazer é desistir da luta.

É sempre recordar aqueles momentos alegres da convivência que isso dará forças para continuar vivendo.Deve-se pensar da mesma maneira quando alguém que nos é muito caro resolve sair de nossa convivência, por exemplo, um filho que vai tentar a vida longe de casa. Ao invés de lamentar o fato, deve-se pensar que ele vai para fazer seu futuro, e irá sentir-se muito mais seguro se souber que a "luz ficou acesa", que seus pais estão encarando como um marco para a vida que ele escolheu para si, e que estão dando a maior força e procurando "iluminar' seu caminho.

Essa luz poderá ser o farol que irá servir de referencial paraque ele não desanime ante as dificuldades que certamente irá encontrar longe, e se não der certo, saberá que a luz irá iluminar o caminho de volta.

Esse pensamento é aplicado também na vida profissional. Muitas vezes, quando se perde um emprego, a "vítima" fica desesperada, perde o rumo e fica só lamentando sua triste sina. E não é por aí. Muitas vezes isso pode determinar uma guinada na vida de uma pessoa que, ao sentir-se "no desvio", vai procurar outras opções.

Conheço uma pessoa que, ao perder seu emprego de Engenheiro em uma grande organização, encontrou dificuldades em encontrar emprego compatível com seu nível salarial, simplesmente mudou completamente de rumo, e iniciou um novo método para comercialização de pastéis em carrinhos de rua. Hoje, é, sem favor algum o melhor pasteleiro de Santos.

Ele simplesmente não "esbravejou contra as trevas" e "procurou acender sua luz". Deu uma incrível guinada em sua vida edescobriu sua real aptidão profissional.

Ainda há que se fazer um adendo. Ele descobriu e desenvolveu esse método revolucionário, e não faz segredo. Ensina para outros. Merece mesmo todo o sucesso do mundo.

Exemplos como esse, de meu amigo Cleber, conheço diversos, de pessoas que, atingidas por alguma infelicidade de ordem pessoal ou profissional, simplesmente decidiram tentar novos caminhos, ao invés de ficar lamentando a má sorte que as atingiu.

 

 

Marcial Salaverry


[Voltar]

© Copyright Prosa & Poesia - Direitos Autorais Reservados